David Émile Durkheim.

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
David Émile Durkheim. por Mind Map: David Émile Durkheim.

1. Nasceu em Epinal, França.

2. Família judia, porém, não quis seguir o Judaísmo.

3. Sofreu preconceito éticno na infâcia e adolecencia por suas origens.

4. Pai da Sociologia.

5. Estudou na Liceu Louis-Le-Grand e na Escola Normal Superior de Paris.

6. Formado em Direito e Economia, Filosofia (professor em Liceus franceses), e Ciências da Natureza (Biologia, pricipalmente).

7. 15/04/1858, 15/11/1917.

8. Define o objeto de estudo da Socologia e o denomina "Fato Social".

9. Para orientar a Sociologia no caminho para ser uma ciência independente, desenvolve a obra "As Regras do Método Sociológico . " - 1895.

10. Generalidade: Atua em todos os membros de todas as sociedades. É tudo aquilo que todo mundo faz, carrega, reproduz. Um exemplo é a linguagem – fenômeno universal, mesmo com suas particularidades.

11. Exterioridade: A socialização é o processo de absorção, internalização dos Fatos Sociais pois eles são exteriores a nós. Ao mesmo tempo que independem de nós para sua manutenção. Um exemplo é o uso de roupas – existe antes de você nascer e vai continuar aqui quando você morrer.

12. Coercitividade: Os Fatos Sociais são impositivos, se estabelecem sobre nós e nos obriga a segui-los, caso contrário, seremos repreendidos, advertidos ou até mesmo afastados da sociedade.

13. Responsavél por fazer da Sociologia uma ciência independente e por torná-la uma disciplina acadêmica.

14. Os Fatos Sociais (Normais) são um conjunto de regras de conduta, tradições, costumes e hábitos que regem uma sociedade. Impera sobre todos os indivíduos, é internalizado de fora para dentro e nos obriga a vivermos coletivamente em sociedade de forma coersitiva.

15. Se casou com Louise Dreyfus em 1887 e teve dois filhos, André e Marie. Seu filho faleceu na 1º Gerra Mundial na cidade de Paris em 1917.

16. Foi eterrado no Cemitério de Montparnasse Paris, França.

17. Depois da morte de seu filho, e emocionalmente abalado, Durkheim sofreu um acidente vascular cerebral, que o levou a morte.

18. Estabelece que os Fatos Sociais devem ser tratados como coisas para que possam ser observados e estudados.

19. Que o cientista sociológico deve sempre fazer o exercícios de se desvensilhar de seus "pré-julgamentos" sobre a realidade para não simplificar a analize.

20. Durkheim afirma que é mais indicado buscar as regras (os Fatos Sociais) mais coletivas possíveis, as que ocorrem mais para todos. As que sejam percepitíveis e objetivas e que nos permitam ver a ordem dos fatos.

21. Observar como as mesmas regras se manifestaram em diferentes épocas da humanidade. Os caminhos que os fatos sociais encontraram para manter a coerção sobre os indiviudos ao longo do tempo.

22. A causa de algo precisa ser funcional e não final - ou inicial. Não importa de onde ou como os Fatos Sociais surgiram e sim quais são suas funções na sociedade.

23. O objetivo de sua primeira obra “Divisão do Trabalho Social” é criar uma Teoria da Modernidade e mostrar como funciona o Fato Social através de suas manifestações, que é essa divisão do trabalho.

24. A intenção desse estudo é compreender como as interações, relacionadas com a solidariedade, permitem a coexistência dos indivíduos em sociedade.

25. Ao longo da sua vida, publicou 4 obras que foram de imensa importância na história da sociologia.

26. Segundo Durkheim, existem dois tipos de consciência, a coletiva e a individual, que se correlacionam com os diferentes tipos de solidariedade.

27. • Peculiaridades de cada pessoa. • O que forma sua personalidade. • Visão particular sobre as leis gerais.

28. • Compartilhamentos de crenças e valores entre todos nós. • Concretizada quando as leis morais estão internalizadas ao ponto de parecerem naturais. • Responsável pela manutenção da coerção. • As regras do “jogo”.

29. As duas consciências são solidarias e relacionadas entre si para concretizar a ligação do ser humano com a sociedade.

30. Durkheim classificou as sociedades em dois tipos de solidariedade, mecânica e orgânica. Isso porquê, diferentes graus de divisão do trabalho, promovem sociedades diferentes.

31. • Sociedades mais tradicionais. • Coerção imediata, violenta e punitiva. • Funções sociais semelhantes. • Predomínio do Direito Punitivo. • Os indivíduos conhecem melhor e mais claramente as regras do “jogo”.

32. • Sociedades modernas. • Funções sociais abrangentes, especializadas e interdependentes. • Mecanismo de coerção formal e de forma mediada. • Sociedades economicamente mais complexas. • Predomínio do Direito restituitivo.

33. Fonte: Blog Café com Sociologia.

34. Durkheim chamou de "Anomia" o resultado de fatos sociais patológicos não reversívies. O enfraquecimento dos vínculos sociais e dos mecanismos de manutenção da coerção sobre os indivíduos, quando as normas sociais, que antes funcionavam, se tornam obsoletas ou a completa ausência de regras. A de fato "morte" de uma sociedade, do organismo.

35. Um efeito temporário, reversível, mas que não deixa de ser perigoso para o fim do organismo; reitera que é uma condição de todas sociedades passarem por uma por alguns Fatos Sociais Patológicos por estarem em constante transformações nos seus meios de manter a sociedade coercitiva.

36. "Para Durkheim, a sociedade pode ser comparada a um "corpo biológico" por ser, assim como esse, composta por partes que interagem entre si. Desse modo, para que esse organismo seja igualitário e coeso, é necessário que todos os direitos dos cidadãos sejam garantidos."

37. Só é possível descobrir quais são as leis morais impostas sobre nós quando quebramos elas ou quando somos punidos por não cumprir os papéis que nos foram pré-estabelecidos.

38. Isso é sobressalente nas sociedades mais tradicionais por possuir maior consistência na imposição das suas regras. Essa situação somente prova que os Fatos Sociais não são naturais e sim internalizados por nós através dos processos de socialização que sofremos ao longo da vida.

39. O Suicídio (1897); As formas elementares da vida religiosa (1912);

40. Fonte: vestibular.brasilescola/banco-de-redacoes