Teorias da Personalidade - Mapas 1 e 2

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Teorias da Personalidade - Mapas 1 e 2 por Mind Map: Teorias da Personalidade - Mapas 1 e 2

1. <--Personalidade

1.1. "Personagens". Soma de caráter (temperamento e hábitos aprendidos) e comportamento

2. <--Caráter

2.1. Não é inato. As pessoas podem ter os mesmos traços de caráter, mas tomar decisões diferentes. O caráter são traços marcantes do sujeito.

2.1.1. Para Freud tem eminencia maior no inicio da vida, formado nos primeiros anos de vida.

3. O que confere o caráter sexual à pulsão

3.1. É a própria energia libidinal, que se realiza no prazer

4. 3 maiores pensadores:

4.1. Freud - Jung - Reich

5. Marcas mnêmicas:

5.1. Podem ser traumas ou euforias do inconsciente na memória

5.1.1. Ex. De Euforia

5.1.1.1. Na fase adulta o sujeito tem o desejo de visitar lugares que remetam a sua infância.

5.1.2. Ex. de Traumas

5.1.2.1. A família do sujeito tem medo de avião desde que ele era pequeno, e consequentemente hoje ele também tem.

6. Não partem de um único principio

6.1. Variam conforme os fatores individuais, sociais, influência do ambiente e aspectos herdados

6.1.1. O estudo da personalidade vem antes de Freud, mas a correlação deste entendimento com a física foi revolucionada com ele

7. Temperamento

7.1. É inato e tem origem na hereditariedade. Pode se modificar pelas experiências do sujeito. Manifesta-se de forma dinâmica.

7.1.1. O sujeito pode ter temperamento mas não vive necessariamente com esse temperamento se manifestando com frequência.

8. Freud diz que:

8.1. Marcas infantis são muito mais profundas, porque quando criança não temos uma defesa. Tem caráter sexual

9. Descartes:

9.1. "Penso, logo existo"

10. Método dedutivo

10.1. Suposições conscientes

11. <--Freud diz que

11.1. Para cada estimulo temos uma resposta. A nossa resposta tem Influência externa e interna. O estimulo viaja pelas marcas Mnêmicas ate chegar na resposta. Enquanto estou vivo estou sendo estimulado.

11.1.1. Toda vez que um estimulo passa, ele deixa marcas. Essas marcas (marcas mnêmicas) constituem a base do nosso caráter (traços constituídos por experiências).