método voolder

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
método voolder por Mind Map: método voolder

1. Essa técnica foi desenvolvida em 1932 pelo denamarquês voolder e pela sua esposa raças ao efeitos referidos pelos pacientes, tendo visto posteriormente aperfeiçoada.

2. É uma técnica usada para drenagem e limpar macromoléculas e resíduos celulares que, devido ao seu tamanho, não entram no sistema venoso acabando muitas vezes por ficar no organismo devido à sua má drenagem linfático. são estas macromoléculas e estes resíduos celulares os responsáveis pela acumulação de água e de gordura criando e ajudando a criar pernas cansadas, cansaço, celulite, problemas musculares e articulares bem como muitos outros problemas, o que se refletirá em todo o corpo e no bem-estar geral.

3. A principal função dessa tecnica de massagem é , portanto retirar os liquídos acomulados entre as celulas e os residuos metabolicas o serem retiradas do local armazenado, essas substâncias são encaminhadas para o sangue através da circulação e, por meio de variados movimentos suaves, são levadas a caminhar para que sejam eliminadas

4. A Drenagem Linfática é realizada em dois processos: a evacuação, que consiste em desobstruir os gânglios e as demais vias linfáticas, e a captação, que consiste em realizar de fato a drenagem. De forma manual a drenagem é feita a partir de círculos com as mãos e com o polegar, movimentos combinados e pressão em bracelete

5. Essa tecnica é aplicada com movimentos de pressão leve, suave, rítmica, lenta e precisa. Assim, não há a necessidade de manobras que provoquem dor ou desconforto, podendo, no entanto, acontecer nos locais com inflamação ou cicatrizes recentes por estes estarem mais sensíveis. Com esta prática, são ativados os gânglios linfáticos e o seu trabalho combatendo assim infecções e estimulando as defesas imunitárias fazendo, deste modo, tanto a prevenção de infecções como o seu combate.

6. Após as fases de toque, existe um relaxamento total da pressão e mantém-se apenas o contato da mão com a pele do paciente. O sentido da drenagem segue o sentido do fluxo linfático no tecido. Na técnica de Vodder, a massagem sempre se inicia distalmente ao segmento a ser drenado . Círculos estacionários (fixos) realizados na face e no pescoço. Com a mão espalmada sobre a pele, os dedos realizam movimentos contínuos em forma de círculos ou espirais. A pressão deve ser realizada apenas na primeira metade do circulo. Na segunda metade, existe o contato, porém, sem a pressão, possibilitando o retorno do tecido ao local de origem. Realiza-se entre 5 e 7 movimentos . Movimentos de bombeamento nesta manobra, o polegar e os dedos movem-se na mesma direção em sentido circular. As pontas dos dedos não são utilizadas, sendo o controle do movimento realizado pelo punho do terapeuta. Assim como na manobra anterior, a pressão deve ser realizada apenas na primeira metade do circulo. Na segunda metade, existe o contato, porém, sem a pressão, possibilitando o retorno do tecido ao local de origem. Realiza-se entre 5 e 7 movimentos