Princípios gerais do Preparo Cavitário

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Princípios gerais do Preparo Cavitário por Mind Map: Princípios gerais do Preparo Cavitário

1. É o tratamento Biomecânico da cárie e de outras lesões dos tecidos duros do dente.

2. Cavidade Patológica

3. Cavidade Terapêutica

4. Finalidades do preparo cavitário

4.1. 1-Eliminar o tecido patológico

4.2. 2-Estender as margens da cavidade, a locais de relativa imunidade a cárie

4.3. 3-Conferir a cavidade, formas que permitam ao dente receber e reter o material restaurador

4.4. 4-Preservar a vitalidade pulpar

5. Regras do preparo cavitário

5.1. 1-Remover totalmente o tecido cariado infectado

5.2. 2-Deixar as paredes da cavidade suportadas por dentina sadia ou por materiais com igual função

5.3. 3-Conservar maior quantidade de tecido dental sadio

5.4. 4-Paredes cavitarias planas e lisas

5.5. 5-Preparo cavitário limpo e seco

6. Tempos Operatórios

6.1. Forma de abertura da cavidade

6.2. Forma de contorno

6.3. Remoção da dentina cariada

6.4. Forma de resistência

6.5. Forma de retenção

6.6. Forma de convivência

6.7. Forma de acabamento das paredes de esmalte

6.8. Forma de limpeza da cavidade

7. Forma de abertura da cavidade:

7.1. É o tempo operatório que visa a remoção do esmalte sem apoio dentinário.

7.2. Lesão de cárie incipiente

7.3. Lesão de cárie ampla

8. Forma de contorno:

8.1. É o tempo operatório que visa delimitar a área da superfície do dente que deverá ser incluída no preparo cavitário

8.2. Engloba todo o tecido cariado e áreas suscetíveis à cárie

9. Retenção da dentina cariada:

9.1. É o tempo operatório que consiste na remoção de toda dentina que encontra-se desmineralizada e infectada, pela lesão de cárie, de modo irreversível.

10. Forma de resistência:

10.1. É o tempo operatório que consiste em se dar forma a cavidade para que a estrutura dental e material restaurador possam resistir aos esforços mastigatórios.

11. Forma de Convivência:

11.1. É o tempo operatório que consiste em se dar ao preparo cavitário a fim de facilitar o acesso, a conformação e a instrumentação da cavidade

12. Forma de acabamento das paredes de esmalte:

12.1. É o tempo operatório que consiste em alsar as irregularidades de esmalte e do ângulo cavo-superficial do preparo cavitário

13. Forma de limpeza da cavidade:

13.1. É o tempo operatório que consiste em remover os resíduos do preparo cavitário antes da inserção do material protetor ou restaurador atráves de diferentes agentes.