Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Cará por Mind Map: Cará

1. Preparo do solo

1.1. Sistema de encoivaramento

1.2. Esolha da época de preparo

1.2.1. Ocorre até a primeira semana de agosto

1.2.2. Fatores climáticos

1.2.3. Disponibilidade de sementes

1.2.4. Disponibilidade de mão-de-obra

1.3. Estágios de áreas utilizadas

1.3.1. Área de cultivo anterior

1.3.1.1. Área do último plantio de cará, onde era preparada para ser utilizada novamente pela cultura

1.3.2. Capoeira

1.3.2.1. Estágio onde vegetação secundária já havia crescido e já estava por volta de três anos de pousio

1.3.3. Capoeirão

1.3.3.1. Áreas onde a vegetação possuía mais de cinco anos de pousio

1.4. Correção do solo

1.4.1. Calcário (4%)

1.5. Adubação

1.5.1. Fertilizantes orgânicos

1.5.2. Fertlizantes minerais

2. Cultivo em Rondônia

2.1. Cultivo em grande volume em Alvorada do Oeste

2.2. Produção de 8 toneladas por mês

2.3. Preferência por cará pequeno

2.4. Potencial investimento em cará roxo

3. Produtividade

3.1. Em culturas rasteiras é de 15 a 25 toneladas por hectare

3.2. Em culturas tutoradas a produtividade chega a 40 toneladas por hectare

4. Dificuldades de produção

4.1. Presença dos atravessadores que quebram o elo entre os agricultores e os consumidores

4.1.1. Falta de infraestrutura relacionada com o transporte

4.1.2. Estradas não pavimentadas

5. Cultivo e consumo

5.1. Unidades de produção familiar

5.2. Populações Indígenas

6. Gênero Dioscorea

6.1. Principais espécies

6.1.1. Dioscorea cayenensis Lam.

6.1.2. D. rotundata Poir.

6.1.3. D. bulbifera L.

6.1.4. D. alata L.

6.1.4.1. Polpa branca:comercializada no comércio local e regional

6.1.4.2. Polpa roxa: destinada ao consumo familiar

6.1.4.2.1. Produção em menor escala

6.1.5. D. esculenta Burk.

6.1.6. D. pentaphylla L

6.1.7. D. opposita Thunb

6.1.8. D. nummularia Lam.

6.1.9. D. transversa R.Br

6.1.10. D. trifida L.

6.1.10.1. “cará-roxo”

6.1.10.2. “cará-fujão”

6.1.10.3. “cará-mão-de-anta”

6.1.10.4. “cará-branco”

6.1.10.5. “carápé-de-anta”

6.1.10.6. “cará-do-Joaquim”

6.1.10.7. “cará-pombinho-branco

6.1.10.8. “cará-roxo-comprido”

6.1.10.9. “cará-mandioca”

6.1.10.10. “cará-canela-de-nego”

7. 90 espécies utilizadas na alimentação humana

8. Regiões tropical e subtropical

9. Cultura do Cará

9.1. Agricultores especializados para a venda (AEV)

9.1.1. Cultivo de D. alata

9.2. Agricultores que plantam para o consumo (APC)

9.2.1. Cultivo de D. alata

9.2.2. Cultivo de D. trifida

9.2.3. Cultivo de D. alata e D. trifida juntas