Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
MORFOLOGIA por Mind Map: MORFOLOGIA

1. ESTRUTURA DAS PALAVRAS

1.1. MORFEMAS (elemento linguístico que possui significa)

1.1.1. raíz, radical, afixos (prefixo e sufixo), desinência (nominal - indicam flexão de gênero [masc. e fem] e número [sing e plur]; e verbal - indicam flexão de número e pessoa e de modo e tempo), consoante de ligação, vogal temática.

1.2. FORMAÇÃO DE PALAVRAS

1.2.1. DERIVAÇÃO: formação de palavras novas (derivadas) a partir de palavras já existentes na língua (primitivas). Tipos: prefixal; sufixal; parassíntese; regressiva; imprópria.

1.2.2. COMPOSIÇÃO: formada pela união de dois ou mais radicais. Tipos: Justaposição - ocorre quando não há alteração dos radicais que se unem; Aglutinação - ocorre quando há alteração em pelo menos um dos radicais que se unem.

2. CLASSE DAS PALAVRAS

2.1. Artigo: é a palvra que vem antes do substantivo, indicando-lhe gênero e número, determinando (definidos) ou generalizando (indefinidos)

2.2. Substantivo: palavra que da nome aos seres, ações, objetos, caracteríticas, sentimentos, estados.

2.2.1. Classificação: comuns; próprios; concretos; abstratos.

2.2.2. Formação: simples; compostos; primitivos; derivados; coletivos.

2.3. Adjetivo: palavra variável em gênero, número e grau (aumentativo/diminutivo) que modifica um substantivo atribuindo-lhe qualidade, estado ou modo de ser.

2.3.1. simples; compostos; primitivos; derivados (todos com a mesma regra dos substantivos - radical). Locução adjetiva (toda expressão iniciada por preposição - de, em, com, sem, etc. em função adjetiva, ex. angelical - de anjo.

2.3.2. Flexões do adjetivo: de gênero (masc. e fem.), número (sing. ou plural) e grau (dimensões - comparativo e superlativo)

2.4. Numeral: exprimem quantidade definida, aproximada ou a posição de em uma série. São os cardinais (um, dois, três...); ordinal (primeiro, segundo...); multiplicativo (dobro, triplo...); fracionário (terço, metade, meio...)

2.5. Pronome: palavra que acompanha, substitui ou determina o nome/sujeito

2.5.1. PESSOAIS: retos (sujeito da oração, ex.: eu, tu, ele...) e oblíquos (não são sujeitos, mas complemento do verbo, ex: me, te, se, lhe [ñ precisam de preposição], consigo, comigo, ti, conosco [precisam de preposição])

2.5.1.1. a palavra "só" e "todos" sempre acompanham os pronomes pessoais de casa reto

2.5.2. TRATAMENTO: são usados no trato de pessoas, ex.: você , senhora, senhor, vossa excelência.

2.5.3. POSSESSIVO: referem às pessoas do discurso, indicando ideias de posse

2.5.4. DEMONSTRATIVO: marcam a posição espacial de um elemento qualquer em relação às pessoas do discurso, situando-os no espaço, no tempo ou no próprio discurso. Ex.: este, esta, aquele e etc...

2.5.5. INDEFINIDO: São aqueles que se referem de modo indeterminado, vago, à terceira pessoa gramatical. São eles: alguém, ninguém, outrem, tudo, nada, cada, algo, algum, algumas, nenhuns...

2.5.6. RELATIVOS: substituem um termo da oração anterior e estabelece relação entre duas orações. O pronome "que" é o mais comum. O pronome relativo cujo (e flexões) é relativo possessivo equivalente a do qual, de que, de quem

2.6. VERBO: palavra que indica ação, movimento, fenômenos da natureza, estado, mudança de estado.

2.6.1. Flexiona em: - número (singular ou plural); - pessoa (1°, 2° e 3° pessoa); - modo (indicativo: certeza da ação; subjuntivo: incerteza, dúvida, desejo; imperativo: ordem); - modo nominais, ou seja, desempenham função de verbo ou de nome ( INFINITIVO: ação do verbo e termina em "R", ex.: Cantar. Infinitivo impessoal não se relaciona com nenhum sujeito. Infinitivo pessoal, flexiona e precisa de um sujeito, ex.: Se você vier. GERÚNDIO: fazendo a ação, tem "ND" no verbo, ex.: Saindo. PARTICÍPIO: ação terminada, ex.: Trabalhado.

2.6.1.1. LOCUÇÃO VERBAL:combinação de um verbo auxiliar + um verbo principal completando uma só ação. Ex.: Estive Pensando (sempre o 1° verbo (é conjugado) é auxiliar e o 2° é o principal (não é conjugado e poder ser infinitivo, gerúndio e particípio).

2.6.1.1.1. ñ formam locução verbal: deixar, fazer, mandar, ver, ouvir, sentir.