TREINAMENTO DE FORÇA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
TREINAMENTO DE FORÇA por Mind Map: TREINAMENTO DE FORÇA

1. Sistema Nervoso

1.1. Os GANHOS NEURAIS promovem aumento significativo de força logo nos primeiros treinos (Primeiros 3 meses)

1.1.1. Coordenação Intramuscular

1.1.1.1. Recrutamento maior de unidades motoras

1.1.1.1.1. Pessoas destreinadas tem um recrutamento menor de unidades motoras simultâneamente

1.1.1.1.2. O recrutamento das unidades motoras é determinado geralmente pelo tamanho de seu motoneurônio

1.1.2. Coordenação Intermuscular

1.1.2.1. Os ajustes ocorrem entre os músculos envolvidos

1.1.2.2. A coordenação intermuscular refere-se a uma adequada ativação dos músculos agonistas (Motores Primários), antagonistas (contração é contrária a provocada por um músculo agonista) e sinergistas (Participa do movimento mas não é o principal) durante um movimento.

2. Hipertrofia

2.1. Miofibrilar (Mais exigente)

2.1.1. A hipertrofia conhecida como miofibrilar acontece quando os músculos são estimulados com uma carga maior que as que estão habituados, causando um crescimento dessas estruturas.

2.1.1.1. As miofibrilas são basicamente os componente contráteis das fibras musculares, compostas por proteínas tais como a actina, a miosina. Os músculos contraem-se, fazendo deslizar os filamentos finos (actina) sobre os filamentos grossos (miosina).

2.2. Sarcoplasmática (Menos exigente)

2.2.1. Hipertrofia sarcoplasmática é basicamente o mesmo processo da hipertrofia miofibrilar, estimulando o músculo através do treino, só que sem exigir tanto do músculo e causando menos danos aos seus tecidos.

3. Hiperplasia

3.1. Aumento do número de células musculares

3.1.1. Ocorre por mitose das células, se a população celular for capaz de sintetizar DNA.

4. Hipoplasia

4.1. É a diminuição da atividade formadora de um tecido em um determinado órgão ou parte do corpo, afeta o local tornando-o menor e mais leve que o normal, mas mantendo os padrões básicos de sua arquitetura.