Educação Básica e Educação Profissional e Tecnológica. Dualidade histórica e perspectivas de inte...

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Educação Básica e Educação Profissional e Tecnológica. Dualidade histórica e perspectivas de integração. por Mind Map: Educação Básica e Educação Profissional e Tecnológica. Dualidade histórica e perspectivas de integração.

1. Dualidade histórica

1.1. Formação de futuros dirigentes

1.2. Elite

1.3. Século XIX

1.3.1. Sociedade civis destinadas a dar amparo a crianças órfãs e abandonadas.

1.3.2. Os Liceus de Artes e Ofícios: Rio de Janeiro - 1858; Salvador - 1872; Recife - 1880; São Paulo - 1882; Maceió - 1884; Ouro Preto - 1886.

2. Educação Profissional e Tecnológica

2.1. Decreto do Príncipe Regente • Dom João VI

2.2. Criação do colégio das Fábricas

2.2.1. Preparação de operários

2.3. Instituto Comercial do Rio de Janeiro - 1861 • Voltado a capacitação para cargos públicos nas secretárias dos Estados.

2.4. Origem no século XIX •Destinada para amparar os órfãos e os demais desvalidos da sorte.

2.5. Início no Século XX

2.5.1. Criação da Escola de Belas Artes - 1816

2.5.2. 1906 - a educação profissional passou a ser atribuição do Ministério da Agricultura, Industrial e Comércio.

2.5.3. Mudanças

2.6. Criação dos Estados de Aprendizes Artificeis - 1909

2.7. Nilo Peçanha

3. Educação básica

3.1. Século XX, década 30.

3.2. Primário com duração de 4 anos

3.3. Regulamentaram a organização do ensino secundário e o de n° 20.158/31

3.4. Educação superior

3.5. Decretos Federais n° 19.890/31 e n° 21.241/32

3.6. Primário e ginásio com duração de 6 anos

3.6.1. 2 anos de adaptação ou curso técnico

3.6.2. 3 anos de curso propedêutico

3.6.3. Curso rural

3.6.3.1. Curso básico agrícola - 2 anos

3.6.4. Curso complementar

3.6.4.1. Engressos do curso profissional - 2 anos

3.6.4.2. Voltados para os setores produtivos

3.7. 1930 - criação do Ministério da Educação e Saúde Pública

3.8. 1931 - criação do Conselho Nacional de Educação e efetivação de uma reforma educacional

3.9. Manifesto dos pioneiros da educação nova.

3.9.1. Perspectivas de uma escola democrática que proporcionasse oportunidades para todos

3.9.2. Organizava a educação em duas grandes categorias.

3.9.2.1. 1° atividades de humanidades e ciências (de natureza mais intelectual)

3.9.2.2. 2° cursos de caráter técnico (de natureza mecânica e manual)