Renascimento

Trabalho de Sociologia (Renascimento) - Professor Alessandro Pitasse Robadey. Feito por: Giovanna Borloni, Giovanna Mayumi, Lucas Gabriel, Gustavo Alves, Stephanie B e Gustavo Andrioli

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Renascimento por Mind Map: Renascimento

1. Economia

1.1. Grande crescimento das cidades

1.1.1. Formação de Metrópoles

1.1.2. Surgimento dos primeiros Estados Modernos Europeus

1.1.2.1. Portugal

1.1.2.2. Espanha

1.2. Os burgueses não eram nobres, mas tinha tanto ou mais dinheiro que eles

1.2.1. Burguesia começa a crescer

1.2.1.1. Reedificação da Classe Burguesa por seus Direitos Políticos

2. Retorno de Ideais Racionalistas e Humanistas da Antiguidade Clássica

2.1. Progresso as Artes, Literatura e Ciências

2.1.1. Estudiosos escreveram sobre a Sociedade

2.1.1.1. Thomas Morus - Utopia

2.1.1.2. Tommaso Campanella - A cidade do som

2.1.1.3. Francis Bacon - Nova Atlântida

2.1.2. Estudiosos tentaram imaginar uma Sociedade perfeita, assim como Platão

2.1.3. Artistas expressaram o Humanismo em sua própria arte religiosa e valorizaram a razão

2.1.3.1. Leonardo da Vinci

2.1.3.2. Michelangelo

2.1.3.3. Botticelli

2.1.4. Uma das Obras de mais destaques desse período é "O príncipe" de Nicolau Maquiaveu

2.1.4.1. Essa obra trata de Ciência e Política, e é muito importante para a compreensão da Sociedade

2.1.4.2. Ele revela como um soberano deve agir para alcançar e preservar seu poder, como manipular a vontade popular e valer-se de seu poder e aliados

2.1.4.3. As obras dele apresentam um avanço para as Ciências Sociais, assim como para a Sociologia

2.2. Retomada de um modelo de civilização e inspiração

2.2.1. Período de Transformação Social

2.2.1.1. Ruptura com s Sociedade Medieval

2.2.1.1.1. Religião não era mais o centro de tudo

2.2.1.2. Processo de expansão comercial e marítima

2.2.1.3. Antropocentrismo

2.2.1.3.1. Comunidades cada vez mais Individualistas

2.2.1.3.2. A valorização do Ser Humano

3. Principais Valores

3.1. Racionalidade

3.1.1. Prezava a razão, deixando de acreditar em tudo que a Igreja dizia

3.2. Dignidade

3.3. Rigor Científico

3.3.1. Aquisição do conhecimento especulativo e pragmático

3.3.1.1. Pragmático: O uso prático de uma ideia

3.4. Resgate do Ideal Humanista