ORIGEM DA SOCIEDADE

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
ORIGEM DA SOCIEDADE por Mind Map: ORIGEM DA SOCIEDADE

1. TEORIA NATURALISTA

1.1. Sociedade é um fato natural

1.2. Sociedade é produto da conjugação de um simples impulso associativo natural e da cooperação da vontade humana

1.3. Associanção entre homens não é apenas da ordem material

1.4. Aristóteles - "Homem é naturalmente um animal político

1.5. São Tomás de Aquino - " O Homem é, por natureza, animal social e político, vivendo em multidão, ainda mais que todos os outros animais, o que se evidencia pela natural necessidade"

1.6. Ranelleti - Seja qual for a epoca, o homem sempre é econtrado em estado de convivência e combinação com os outros. Associar-se com outro ser humano é condição essencial de vida

2. TEORIA CONTRATUALISTA

2.1. Sociedade é um produto de um acordo de vontade

2.2. Contrato hipotético celebrado entre os homens

2.3. Negativo ao impulso associativo natural

2.4. Platão - " A República" organização social construída racionalmente, sem qualquer menção à existência de uma necessidade natural

2.5. Thomas Hobbes - "O Leviatã"

2.5.1. Estado de natureza: homens são maus

2.5.2. Guerra de todos contra todos

2.5.3. Celebração do contrato social para a paz

2.5.4. Leis fundamentais da natureza

2.5.4.1. Homens devem buscar a paz, em último a guerra

2.5.4.2. Todos devem consentir e se necessário renunciar aos seus direitos

2.5.5. Preservação do contrato pelo Poder invisível - o Estaado

2.5.6. Mau governo é melhor do que estado de natureza

2.5.7. Poder soberano

2.5.7.1. Soberano

2.5.7.1.1. Súditos

2.6. Montesquieu "Do espirito das Leis"

2.6.1. Estado de natureza: homens se sente inferiores. Estado de paz

2.6.2. Leis naturais

2.6.2.1. Desejo de paz

2.6.2.2. Necessidades

2.6.2.3. Atração pelo sexo oposto

2.6.2.4. Desejo de viver em sociedade

2.6.3. Depois do contrato os homens se tornam maus, igualdade desaparece, começa o estado de guerra

2.7. Rosseau "O contrato social"

2.7.1. Estado de natureza: homem é bom

2.7.2. Influência na revolução francesa

2.7.3. Povo soberano

2.7.4. Igualdade

2.7.5. Ordem social

2.7.6. Estado mero executor de decisões

2.7.7. Soberano

2.7.7.1. Conjunto das pessoas associadas

2.7.7.2. Soberania é inalienável e indivisível

2.7.8. Vontade geral é sempre reta e tende a utilidade pública

2.7.9. Predominância da vontade popular

3. CONSENSO ATUAL

3.1. Sociedade é resultante da necessidade natual do homem, sem excluir a participação da consciência e da vontade humana

3.2. Não se pode falar do homem concebendo-o como um ser isolado e sim como um Homem Social