A necessidade da classificação de idade em programas televisivos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
A necessidade da classificação de idade em programas televisivos por Mind Map: A necessidade da classificação de idade em programas televisivos

1. • Conceito A necessidade da classificação vem por conta do conteúdo do programa, adequam o horário, local, faixa etária. É um aviso também para os responsáveis de uma criança.

2. • Relação História Sempre teve a restrição de idade, mas, os responsáveis que precisam ter a cautela sobre o assunto e também explicar sobre esse assunto para crianças\adolescentes.

3. • Relação Cultural A necessidade da Cultura televisiva é essencial. Na fase de crescimento da criança elas tomam o exemplo que está se passando para elas. Com a faixa etária estabelecida o que uma criança pode se aprender e levar como ensino é mostrada.

4. • Relação Filosófica Se uma criança de 6 anos estiver vendo um filme para uma de 16, ela não vai entender sobre o que o filme se passa. Se o filme passar violência, como 6 anos é uma idade de aprendizagem, a criança pode tomar como exemplo... querer viver aquilo. Sendo assim, acredito que com a faixa etária estabelecida podemos evitar conflitos futuros.

5. • Problema e fatores que contribuem para o problema o tema ainda levanta polêmicas país. Por tratar de se relacionar com a meios de comunicação, envolve distintos de interesses, ainda que todos convirjam para o equilíbrio ideal entre a proteção às crianças e adolescentes e a garantia da liberdade de expressão. A questão é tensionada na medida em que não há consenso, entre os principais atores envolvidos, sobre os papéis a serem desempenhados pelo Estado, pelo setor regulado e pela sociedade civil.

6. • Consequência e o que fazer para resolver o problema É neste complexo contexto que está inserida a política de classificação Indicativa, prevista na Constituição de 1988, mas apenas implementada em 2006. Este hiato no tempo entre sua idealização e efetiva concretização evidencia o esforço a ser empreendido no delineamento de políticas públicas e sistemas de accountability da mídia. Nesse sentido, a Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e o escritório da Unesco, por meio de técnica internacional - Projeto 915BRZ5006 -, objetivam fortalecer o Ministério da Justiça em sua responsabilidade legal de balizar a proteção dos direitos das crianças e dos adolescentes e , ao mesmo tempo, fortalecer a liberdade de expressão como direito humano fundamental e fomentar uma programação audiovisual de qualidade e a relação autônoma e cidadã com os meios de comunicação de massa.