Teorias de desenvolvimento e aprendizagem

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Teorias de desenvolvimento e aprendizagem por Mind Map: Teorias de desenvolvimento e aprendizagem

1. Ambientalista

1.1. O Ambientalismo valoriza o ambiente no aprendizado humano. Ou seja, a criança desenvolve suas características em função das condições do meio em que vive. Esta visão considera as estimulações que o meio proporciona como fonte de aprendizado.

1.1.1. A Teoria Ambientalista também pode ser chamada de comportamentalista, behaviorista ou empirista. Comportamentalista porque valoriza o comportamento da criança e empirista porque valoriza a empiria (experiência) que a criança tem com o meio em que vive.

1.1.1.1. “É de pequenino que se torce o pepino.” - “A criança é uma folha de papel em branco.”

1.2. O papel da escola seria o de estimular a criança com novas aprendizagens. Para os ambientalistas, a criança não sabe, é uma folha em branco. O saber está com o professor e, portanto, ele precisa transmitir o conhecimento para a criança, que o recebe de forma passiva.

1.2.1. A Teoria Ambientalista acredita que a criança aprende em etapas determinadas pelo professor e através de treinamento. Desta forma, a prática pedagógica estaria voltada para aquisição de determinados conhecimentos e valores pré-estabelecidos. O papel do professor seria estimular a criança a responder aquilo que ele está pedindo, sem questionamento. Essa teoria acredita que o meio é responsável pela formação do sujeito, sendo o adulto quem vai controlar tudo o que a criança deve aprender. Através de testes, é avaliado se a criança absorveu a informação corretamente.

1.2.1.1. Watson e Pavlov trouxeram grande contribuição ao pensamento comportamentalista, mas a criação da teoria e dos princípios foi de responsabilidade do americano Burruhs Skinner, o grande defensor da posição ambientalista.

1.2.1.2. SKINNER: Ele se propõe a construir uma ciência do comportamento. O ambiente para ele é muito mais importante do que a maturação biológica. São os estímulos presentes numa dada situação que levam ao aparecimento de um determinado comportamento.

2. Inatista

2.1. O Inatismo considera importante somente os fatores genéticos e biológicos, ou seja, aquilo que é hereditário, inato. Por isso o nome inatismo, características e dons que a criança traz quando nasce.

2.1.1. O importante é a maturação biológica para que o desenvolvimento ocorra (estímulos ambientais não são considerados importantes).

2.2. A educação pouco pode fazer para contribuir com o aprendizado, uma vez que os comportamentos são pré-determinados por fatores inatos.

2.2.1. Para os inatistas, a criança aprende de acordo como os seus dons. Se a criança não aprende é porque não herdou o dom dos pais. Isso determina que ela nunca vai aprender, porque já nasceu sem essa pré-disposição.

2.2.1.1. “Esse menino não aprende, que nem o pai.” - “Pau que nasce torto morre torto.”