CORPOS ESTRANHOS NO TRATO GASTRINTESTINAL DE CÃES E GATOS.

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
CORPOS ESTRANHOS NO TRATO GASTRINTESTINAL DE CÃES E GATOS. por Mind Map: CORPOS ESTRANHOS NO TRATO GASTRINTESTINAL DE CÃES  E GATOS.

1. A ingestão de corpos estranhos que ficam retidos no esôfago ocorre mais comumente nos cães jovens devido aos seus hábitos alimentares indiscriminados, mas pode ocorrer em qualquer idade ou espécie de animal.

2. É quando o animal ingere uma estrutura panos, ossos, brinquedinhos que, devido ao seu tamanho ou formato, para em determinado ponto do trato gastrintestinal, interrompendo o fluxo normal de seu conteúdo.

3. Os sinais clínicos que variam um pouco, dependendo da duração e a localização e do tipo da obstrução, pacientes com obstruções agudas geralmente apresentam salivação excessiva, engasgamento ou regurgitam logo após de comer, pacientes com uma obstrução de longa duração, algumas vezes, é observada a perda de peso.

4. Os Raios-X e a Ultrassonografia auxiliam a fechar o diagnóstico e determinar a localização do corpo estranho. No caso de suspeita de corpos estranhos esofágicos, o diagnóstico é feito por meio de radiografias. Para corpos estranhos gástricos e intestinais o RX também é indicado por permitir que vejamos as estruturas que chamamos de radiopacas. Caso haja suspeita da presença dessas estruturas (metal, pedras, ossos), a radiografia pode ser realizada para sua detecção.

5. Cada caso é um caso, mas de uma forma geral, a indicação pode ser cirúrgica em situações de corpos estranhos lineares, pontiagudos ou que gerem obstruções intestinais. Em outros casos, a endoscopia pode ser indicada.