Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
HENRY WALLON por Mind Map: HENRY WALLON

1. Expressões pela mimica e por meio da linguagem, desenvolvendo as tonalidades, cumplicidades tácitas.

1.1. O adulto tem maiores recursos de expressão.

2. Para isso tenta silenciar a emoção

3. O autocontrole aparece para dominar uma determinada situação

4. Inteligência, sensibilidade, sentido ético e estético, responsabilidade pessoal, espiritualidade, pensamento autônomo e crítico, imaginação, criatividade, iniciativa. Para isso não se deve negligenciar nenhuma das potencialidades de cada indivíduo.

5. Afetividade e inteligência

5.1. O desenvolvimento do pensamento infantil é marcado por crises e conflitos

5.2. Aponta o organismo humano como uma primeira condição do pensamento, vendo que toda função psíquica necessita de um pensamento orgânico.

5.3. Afetividade e inteligência caminhando juntas podem levar a situação de dificuldade na aprendizagem escolar.

6. Desenvolvimento Integral da Pessoa

7. Afetividade e cognição

7.1. A afetividade e extremamente importante para o desenvolvimento humano, mas ao contrario do que pensam não é um sinônimo de amor e carinho. O mundo e inseparável do sujeito, o conjunto social surge do orgânico e adquire status de social na relação com o outro.

7.2. Cognição o elemento da pessoa e completo, há interação e com o meio, a linguagem e o entorno social assume um papel fundamental.

8. Defende que o processo de evolução depende tanto da capacidade biológica do sujeito quanto do ambiente.

9. Estágios do Desenvolvimento

9.1. ESTAGIO IMPULSIVO-EMOCIONAL (0 a 1 ANO)

9.1.1. Os bebes, inicialmente realizam movimentos reflexos e gradativamente passam a responder com efetividade as pessoas.

9.1.1.1. Até por volta de 1 ano a criança está vivenciando ao máximo sua sociabilidade, sendo totalmente dependente do contato com o outro para sobreviver.

9.2. ESTÁGIO SENSORIO-MOTOR E PROJETIVO (ATÉ OS 3 ANOS)

9.2.1. A criança se torna um ser com caráter cognitivo, ocupando com o conhecimento perceptivo e motor do mundo.

9.2.1.1. Aparecimento da linguagem rompe com o motor, um salto, qualitativo no desenvolvimento, interioriza as condutas sensório-motoras e desorganiza-as.

9.2.1.1.1. Caracteriza-se pela exploração dos objetos e dos espaços físicos, que ganha maior ampliação e autonomia com a aquisição da preensão e da macha.

9.3. ESTÁGIO DO PERSONALISMO (3 A 6 ANOS)

9.3.1. A criança depara-se com o conflito que envolve o anseio por autonomia e, por outro lado, o vínculo fortalecido com a sua família.

9.3.1.1. O pensamento está voltado quase que exclusivamente para si mesmo.

9.3.1.1.1. A afetividade passa a ocorrer num plano, mais simbólico, manifestando-se através de palavras e ideias, incorporando os recursos intelectuais.

9.4. ESTÁGIO CATEGORIAL (7 A 12 OU 14 ANOS)

9.4.1. Com a diferenciação da personalidade, a inteligência avança no seu desenvolvimento e a criança a utiliza cada vez mais com a manifestação de interesse na exploração no conhecimento e nas suas relações com os objetos e com o meio.

9.4.1.1. Procura diferenciar o eu do não eu, o que é do seu ponto de vista do que é do outro.

9.5. ESTÁGIO DA ADOLESCÊNCIA

9.5.1. Se quebra no equilíbrio afetivo, com a busca do adolescente por uma nova definição da personalidade, que é influencia pelas modificações corporais advindas das ações hormonais.

10. AFETIVIDADE TRÊS MOMENTOS

10.1. SENTIMENTO

10.1.1. Reflete antes de agir

10.1.1.1. Traduz seus motivos

10.2. PAIXÃO

10.2.1. Caracteriza-se por ciúmes, exigências e exclusividades

10.3. EMOÇÃO

10.3.1. Expressão corporal motora

10.3.1.1. Demonstração da afetividade

10.3.2. Primeiros laços com o mundo

10.3.2.1. É determinada na evolução mental

11. CAMPOS FUNCIONAIS

11.1. Habilidades linguísticas ampliam e aumentam sua habilidade de abstração.

11.2. MOVIMENTO

11.2.1. Primeiro a se desenvolver

11.2.2. Comunicação; Falar, expressar, emoções

11.3. INTELIGENCIA

11.3.1. Poder do raciocínio

11.4. PESSOA

11.4.1. Identidade pessoal se aperfeiçoa por completo

11.5. AFETIVIDADE

11.5.1. Primeira interação com o ambiente

11.5.2. Primeira motivação do movimento

11.5.3. Responde as relações com o meio