Holandeses no Nordeste

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Holandeses no Nordeste por Mind Map: Holandeses no Nordeste

1. A primeira invasão dos Holandeses no nordeste foi em Maio de 1964, chegaram a Salvador com uma frota de 26 navios, neles tinham 3300 homens e 450 canhões.

2. A população luso-Brasileira, por sua vez retirou-se para o interior e lá organizou a resistência, comandada pelo Bispo Dom Marcos Teixeira.

3. Uma das táticas da resistência foi a 'guerra de emboscadas': divididos em pequenos grupos, os combatentes saíam das matas e se lançavam sobre o inimigo de surpresa, impedindo assim o seu avanço rumo á região dos engenhos.

4. A Espanha, por sua vez, enviou ao nordeste do Brasil uma esquadra com 52 navios, neles 12 mil homens, comandados por Dom Fradique de Toledo Osório, que forçou os holandeses a bater em retirada em 1625.

5. A segunda invasão foi dessa vez em Pernambuco, em fevereiro de 1630, desembarcaram no litoral e conquistaram Olinda e Recife com certa facilidade.

6. Sob a liderança de Matias de Albuquerque, a população local destruiu todo que poderia ser útil para os invasores (armazéns, navios e construções) e se retiraram para o interior.

7. A tática Luso-Brasileira foi a mesma usada da outra invasão, a guerra de emboscadas, composta de um grande numero de indígenas, negros e brancos pobres, essa resistência empenhou-se em controlar o interior, onde estavam os engenhos, e isolar os invasores no litoral.

8. Os Holandeses passaram então a comandar o Nordeste. Na região onde se deu a guerra do açúcar, a situação era desoladora: plantações queimadas, gado morto, engenhos destruídos e escravos em fuga; muitos deles haviam se refugiado no Quilombo dos palmares , em terras do atual estado de Alagoas.

9. Para voltar a lucrar com o açúcar no Brasil, os Holandeses precisaram reativar a produção e organizar a administração nas áreas conquistadas. Para isso, em 1637, o conde João Mauricio de Nassau-Siegen foi nomeado governador dos domínios da Holanda na região.

10. Nassau empenhou-se em incentivar a produção cultural, trazendo para o país pintores. Além de pintores, ele trouxe cientistas que se dedicaram a estudar a região. Trouxe também letrados.

11. Trouxe pintores como os paisagistas Albert Eckhout e Frans Post, que retratam plantas, animais, pessoas e edificações do Nordeste do Brasil. Além de pintores, ele trouxe cientistas como Georg Marcgraf, que documentou a fauna e a flora, e o médico Willem Piso que pesquisou doenças da região.

12. O governo de Nassau instalou sua capital em Recife e ali realizou uma série de importantes obras na para melhoria de população, moradia e vivência.

13. Enquanto os Holandeses lucravam com o açúcar do Brasil, Portugal encontrava-se exaurido economicamente e responsabilizava a União Ibérica por essa situação

14. Os novos governantes Holandeses no Brasil mostraram-se intolerantes. Confiscaram terras dos senhores do engenho endividados e proibiram a livre pratica de religião Católica.

15. Reagindo a conduta dos Holandeses, os senhores luso-brasileiros engajaram-se, em 1645, numa guerra contra os holandeses: a Insurreição Pernambucana. Nos confrontos que se seguiram, os Luso-Brasileiros conseguiram vitórias surpreendentes, entre elas a Primeira Batalha De Guararapes, em 1648.

16. No mesmo ano ano, a esquadra de Salvador Correia de Sá, organizada com recursos de mercadores cariocas, partiu do Rio de Janeiro e conseguiu retomar os entrepostos de escravos. No ano seguinte, uma nova vitoria: Segunda Batalha de Guararapes, que foi decisiva no curso da luta.