Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
TUBERCULOSE por Mind Map: TUBERCULOSE

1. RESPOSTA IMUNE ADAPTATIVA

1.1. APRESENTAÇÃO

1.1.1. As APCs, pelo MHC II, apresentam os antígenos aos linfócitos TCD4+

1.2. ATIVAÇÃO

1.2.1. Após a apresentação, ocorre a diferenciação dessas células TCD4+ em TH1 e TH2, além da ativação dos linfócitos citotóxicos TCD8+

1.3. RESPOSTA DOS LINFÓCITOS T

1.3.1. TH1 (predominante)

1.3.1.1. Produção de IFN-y e IL-2

1.3.1.2. Essas citocinas fazem a ativação de macrófagos para a formação do granuloma no pulmão

1.3.1.3. O granuloma tem a função de limitar o crescimento da micobactéria

1.3.2. TCD8+

1.3.2.1. Quando ativados, produzem IFN-y

1.3.2.2. Vão induzir a morte celular dos macrófagos infectados pelo Mtb através do IFN-y em sinergismo com o FNT-alfa (produzido principalmente pelos macrófagos)

1.3.3. TH2

1.3.3.1. Produz citocinas de ativação de linfócitos B e produção de anticorpos

1.3.3.2. Produz IL-4 que pode causar um efeito antagonista à resposta TH1

1.3.3.3. Produz IL-10 que pode influenciar o estado de LATÊNCIA ou PROGRESSO da tuberculose, já que é capaz de expressar os TLRs e também fazer a supressão da imunidade protetora

2. RESPOSTA IMUNE INATA

2.1. INDUTORES

2.1.1. Lipoproteína 19kDa e derivados lipídicos do Mtb

2.2. SENSORES

2.2.1. Receptores do tipo Toll (TLRs) nas APCs - Macrófago, células dendríticas e linfócitos B

2.3. MEDIADORES PRINCIPAIS DAS APCs

2.3.1. FNT e IL-1 - recrutar neutrófilos e monócitos

2.3.2. IL-10 - ação controladora da resposta inflamatória

2.3.3. IL-12 - resposta pró-inflamatória e ajuda a manter a ativação e proliferação dos linfócitos T junto com o IL-2 produzido por eles

3. PATÓGENO

3.1. Mycobacterium tuberculosis

3.2. Intracelular facultativo