Debate Ecopolítico

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Debate Ecopolítico por Mind Map: Debate Ecopolítico

1. Corrida espacial

1.1. Constatação da fragilidade da vida humana e da necessidade de cuidar do planeta.

2. Teses Neomalthusianas

2.1. Teorias do economista Thomas Malthus, que havia postulado a necessidade do controle de natalidade para evitar o colapso humano.

3. Clube de Roma

3.1. Organização pioneira no debate dos problemas ecológicos globais; em 1971 publicaram o relatório Os Limites do Crescimento; fortemente influenciada pelo neomalthusianismo.

3.2. Surgimento do Ecomalthusianismo: principal pressão importa aos limites dos recursos naturais era consequência da explosão demográfica.

3.3. Primeira grande conferência internacional sobre o meio ambiente, em Estocolmo, em 1972.

3.4. Criação do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA);

3.5. Primeira organizações não governamentais (ONGs)

4. Relatório Brundtlant

4.1. Atrelar a luta pela preservação a outras temáticas socioeconomicas.

4.2. Desenvolvimento sustentável

5. Rio-92

5.1. Agenda 21, Carta da Terra e Protocolo de Kyoto.

5.2. Principios das responsabilidades comuns, porém diferenciadas.

5.3. Manifestações populares ocorridas em todo o Rio de Janeiro, refletidas para o debate diversas personalidades brasileiras e internacionais.

6. Ecodiplomacia internacional

6.1. Pouca efetividade das conferências e o fracasso da maioria das tentativas de acordo- profundas contradições nas prioridades da humanidade, havendo divergências entre os países.

6.2. 21° conferência das Partes: primeiro acordo em décadas que contou com a maciça adesão mundial, visando a redução da emissão de gases estufa.

6.3. Protocolo de Montreal: restringir a utilização de gases que agridem a camada de ozônio; exemplo de sucesso de acordo ecológico.

6.4. Criação de um fundo financeiro destinado a auxiliar os países em desenvolvimento a adotarem tecnologias menos impactantes ao ambiente.

7. Capitalismo x Sustentabilidade

7.1. Sustentabilidade representa o equilíbrio dinâmico entre os seres vivos e a natureza, de forma que a extração de recursos não ultrapasse os limites que comprometam a continuidade da existência tanto transformar de vida envolvidas quanto de suas gerações futuras.

7.2. O mundo acha que a sustentabilidade deve se adaptar à realidade da expansão econômica e consumista que marcam o capitalismo, quando, na verdade, o modo de produção é que deveria ser repensado, para que a economia se afastasse aos limites do ecossistema.

8. Brasil no debate ecopolítico

8.1. País-chave, sendo um dos maiores emissores de gases estufa da atualidade e abriga, em seu território, a maior parte da floresta Equatorial amazônica, uma das últimas ainda relativamente bem preservadas do planeta.

8.2. Exerceu um papel protagonista ao apresentar metas concretas e prazos definidos para a reducao de emissões de gases e para o combate ao desmatamento.

8.3. Criação de áreas que visam à proteção ambiental e os investimentos em energia eólica e solar.

8.4. No Brasil, muitas hipóteses que serão tratadas como políticas de Estado, acabam ficando reféns das disputas partidárias, relacionadas às turbulências e sazonalidades da política nacional.

8.5. Dificuldades para regulamentar atividades ambientalmente irresponsáveis ​​quando consumidas por poderosos grupos econômicos.

8.6. Obstáculos ao tentar exigir alternativas ambientais e socioeconômica para as comunidades afetadas por impactos de atividades ilegais.