Redução das Desigualdades

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Redução das Desigualdades por Mind Map: Redução das Desigualdades

1. Meta 10.c

1.1. Nações Unidas

1.1.1. Até 2030, reduzir para menos de 3% os custos de transação de remessas dos migrantes e eliminar os corredores de remessas com custos superiores a 5%.

1.2. Brasil

1.2.1. Meta mantida sem alteração.

1.3. Indicadores

1.3.1. Custos das remessas em proporção do valor remitido

2. Meta 10.b

2.1. Nações Unidas

2.1.1. Incentivar a assistência oficial ao desenvolvimento e fluxos financeiros, incluindo o investimento externo direto, para os Estados onde a necessidade é maior, em particular os países menos desenvolvidos, os países africanos, os pequenos Estados insulares em desenvolvimento e os países em desenvolvimento sem litoral, de acordo com seus planos e programas nacionais.

2.2. Brasil

2.2.1. Incentivar cooperação internacional para o desenvolvimento, incluindo o investimento externo direto, para os Estados onde a necessidade é maior, em particular os países de menor desenvolvimento relativo, os países africanos, os pequenos Estados insulares em desenvolvimento e os países em desenvolvimento sem litoral, de acordo com seus planos e programas nacionais. +

2.3. Indicadores

2.3.1. Total de fluxos de recursos para o desenvolvimento, por beneficiário e país doador, e tipo de fluxo (ex. ajuda pública ao desenvolvimento, investimento direto estrangeiro e outros fluxos).

3. Meta 10.a

3.1. Nações unidas

3.1.1. Implementar o princípio do tratamento especial e diferenciado para países em desenvolvimento, em particular os países menos desenvolvidos, em conformidade com os acordos da OMC.

3.2. Brasil

3.2.1. Meta mantida sem alteração.

3.3. Indicadores

3.3.1. Proporção de posições pautais aplicadas às importações provenientes dos países menos desenvolvidos e dos países em desenvolvimento com taxa zero.

4. Meta 10.7

4.1. Nações Unidas

4.1.1. Facilitar a migração e a mobilidade ordenada, segura, regular e responsável das pessoas, inclusive por meio da implementação de políticas de migração planejadas e bem geridas.

4.2. Brasil

4.2.1. Facilitar a migração e promover a integração de migrantes e refugiados à sociedade brasileira. +

4.3. Indicadores

4.3.1. Custo de recrutamento suportado pelo empregado em proporção do rendimento anual auferido no país de destino.

4.3.2. Número de países que implementaram políticas de migração bem geridas.

5. Meta 10.6

5.1. Nações unidas

5.1.1. Assegurar uma representação e voz mais forte dos países em desenvolvimento em tomadas de decisão nas instituições econômicas e financeiras internacionais globais, a fim de produzir instituições mais eficazes, críveis, responsáveis e legítimas.

5.2. Brasil

5.2.1. Meta mantida sem alteração. +

5.3. Indicadores

5.3.1. Proporção de membros e direito de voto dos países em desenvolvimento em organizações internacionais.

6. Meta 10.5

6.1. Nações Unidas

6.1.1. Melhorar a regulamentação e monitoramento dos mercados e instituições financeiras globais e fortalecer a implementação de tais regulamentações.

6.2. Brasil

6.2.1. Meta mantida sem alteração. +

6.3. Indicadores

6.3.1. Indicadores de Solidez Financeira.

7. Meta 10.4 -Politicas Fiscais

7.1. Nações Unidas

7.1.1. Adotar políticas, especialmente fiscal, salarial e de proteção social, e alcançar progressivamente uma maior igualda

7.2. Brasil

7.2.1. Reduzir desigualdades através da adoção de políticas fiscal, tributária, salarial e de proteção social. +

7.3. Indicadores

7.3.1. Proporção das remunerações no PIB, incluindo salários e as transferências de proteção social

8. Meta 10.3 - Igualdade de oportunidades

8.1. Nações unidas

8.1.1. Garantir a igualdade de oportunidades e reduzir as desigualdades de resultados, inclusive por meio da eliminação de leis, políticas e práticas discriminatórias e da promoção de legislação, políticas e ações adequadas a este respeito.

8.2. Brasil

8.2.1. Meta mantida sem alteração.

8.3. Indicadores

8.3.1. Proporção da população que reportou ter-se sentido pessoalmente discriminada ou assediada nos últimos 12 meses por motivos de discriminação proibidos no âmbito da legislação internacional dos direitos humanos

9. Meta 10.2 - Inclusão social, econômica e Politica

9.1. Nações Unidas

9.1.1. Até 2030, empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos, independentemente da idade, gênero, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição econômica ou outra.

9.2. Brasil

9.2.1. Até 2030, empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos, de forma a reduzir as desigualdades, independentemente da idade, gênero, deficiência, raça, etnia, nacionalidade, religião, condição econômica ou outra. +

9.3. Indicadores

9.3.1. Proporção da pessoas vivendo abaixo de 50% da mediana da renda, por sexo, idade e pessoas com deficiência.

10. Meta 10.1 - Acrescimo de Renda Progressivo

10.1. Nações Unidas

10.1.1. Até 2030, progressivamente alcançar e sustentar o crescimento da renda dos 40% da população mais pobre a uma taxa maior que a média nacional.

10.2. Brasil

10.2.1. Até 2030, progressivamente alcançar e sustentar o crescimento da renda dos 40% da população mais pobre a uma taxa maior que a renda média dos 10% mais ricos.

10.3. Indicadores

10.3.1. Taxa de crescimento das despesas domiciliares ou rendimento per capita entre os 40% com os menores rendimentos da população e a população total

11. Equipe

11.1. Carlos Henrique

11.2. Daniel Vieira

11.3. José Marques

11.4. Victor Miguel