Afecções cirúrgicas do trato urinário

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Afecções cirúrgicas do trato urinário por Mind Map: Afecções cirúrgicas do trato urinário

1. Urolitíases

1.1. Cistotilíases - 9O% a 95% / Nefrolitíase e ureterolitíase - 5% a 1O%

1.1.1. Fatores que contribuem para formação ◦ Ph Urinário ◦ Infecção ◦ Concentração de cristalóides na urina - ALIMENTAÇÃO ◦ Diminuição de inibidores de cristaloides – GENÉTICA/RACIAL

1.1.1.1. Raças predispostas: Schnauzer, Pug, Lhasa Apso, Shih Tzu, Yorkshire

1.2. Cálculos - Agregação de cristais à matéria orgânica

1.2.1. ESTRUVITA Bactérias produtoras de urease → transformam ureia em amônia e dioxido de carbono → hidrolise da amônia (íons amônia e hidroxila) → alcalinizam a urina e diminuem a solubilidade da estruvita

1.2.1.1. OXALATO DE CALCIO (70%) ◦ Hipercalcemia e hipercalciúria ◦ Urina ácida - alimentação

1.2.1.1.1. URATO DE AMONIO Dálmatas (alteração no transporte hepático de acido úrico) → diminui a produção de alantoína e aumento da excreção urinaria de acido úrico;

1.3. SINAIS CLÍNICOS

1.3.1. ▪ DTUIF – muito difícil ou impossível tratar na presença de cálculos ▪ Disúria (ansiedade, lambedura pênis/vulva) ▪ Hematúria / Piúria (pielonefrite) ▪ Polaciúria, estrangúria ▪ Dor abdominal / lombar ▪ Hidronefrose ▪ IRA, azotemia pós renal (anorexia, vômito, prostração)

1.4. DIAGNÓSTICO

1.4.1. EXAME FÍSICO ▪ palpação abdominal, lombar – dor, aumento bexiga ▪ pênis edemaciado, hiperêmico (lambedura) ▪ desidratação

1.4.1.1. EXAMES AUXILIARES ▪ Raio X e Ultrassonografia ▪ Cistoscopia ▪ Urinálise ▪ FR, Na, K

1.5. TRATAMENTO - objetivos

1.5.1. • Tratamento DTUIF recorrente • Reestabelecer fluxo urinário completo • Desobstrução (ureter, uretra) • Descompressão bexiga – cistocentese • Terapia suporte • Equilíbrio hidroeletrolítico • Função renal

1.6. Cirúrgico-clínico

1.6.1. DESOBSTRUÇÃO URETERAL : CÃES E GATOS MACHOS Massagem uretra peniana Cateterização / sondagem uretral (flush solução fisiológica) Cistocentese Compressão vesical - cuidado

1.7. TRATAMENTO CIRÚRGICO

1.7.1. Obstruções sem resposta a tratamento clínico – cirúrgico : EMERGÊNCIA DTUIF ou Litíases sem resposta a tratamento clínico em 60 dias Recidiva Trauma peniano NEFROTOMIA / PIELOLITOTOMIA NEFRECTOMIA CISTOTOMIA URETEROTOMIA URETROSTOMIA

2. FISIOPATOLOGIA

2.1. Cães - 5%

2.1.1. Gatos - 1 vezes

2.2. • Clinicamente silenciosa • Dor; febfre e IR • Ureterolitíase – inespecíficos • Uni ou bilaterais

2.2.1. • Remoção dos cálculos • Infecção; hematúria ou obstrução • Tratamento conservador – dissolução dos cálculos • Funções dos rins • Formação dos urólitos • Ph urinário favorável • Urina concentrada • Infecção

3. APRESENTAÇÃO CLÍNICA

3.1. • Anormalidades matabólica ou doenças subjacentes • Animais de meia idade e mais velhas