Farmácia Clínica e Farmacia Hospitalar

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Farmácia Clínica e Farmacia Hospitalar por Mind Map: Farmácia Clínica e Farmacia Hospitalar

1. Importância da assistência farmacêutica

1.1. Evitar erros de medicação; Diminuição do tempo de internação dos pacientes Evitar prescrições desnecessárias de medicamentos; Diminuição do custo e de tempo de internação dos pacientes; Diminuição dos custos da terapia medicamentosa

2. Regulamenta as atribuições clínicas do farmacêutico e dá outras providências: RESOLUÇÃO Nº 585 DE 29 DE AGOSTO DE 2013

3. Missão

3.1. É um instrumento para construção de consensos; estimula um deslocamento da atenção das equipes de seus problemas internos para o cliente; Alimenta o processo de planejamento, facilitando a percepção dos problemas finais; Estimula o uso criterioso de informações e a criação de indicadores que possibilitem o acompanhamento do desempenho da organização; Esclarece, para os trabalhadores, a singularidade da organização e sua responsabilidade social.

4. Atua em hospitais, farmácias comunitárias, clínicas privadas, ambulatórios, unidades de saúde, lares de longa permanência ou em qualquer ambiente onde os medicamentos são prescritos e há consequências de seu uso.

4.1. Farmacêutico Clínico: analisa os riscos e benefícios de interações medicamentosas, incompatibilidade entre medicamentos, e na possibilidade de adequação da forma farmacêutica, sempre em busca de desfechos clínicos mais favoráveis aos pacientes

5. Transformação da profissão farmacêutica no hospital

5.1. Relação médico/farmacêutico

5.2. Recebe as prescrições médicas, há envolvimento para garantir a farmacoterapia adequada

6. Supervisão contínua do paciente

6.1. Assegurar que a prescrição esteja adequada ao paciente

6.2. Garantir farmacoterapia adequada ao paciente

7. Cuidado ao paciente

7.1. Farmacovigilancia: com a finalidade de reduzir a ocorrência de problemas relacionados ao uso de medicamentos

7.2. Busca Ativa: rastreando reações alérgicas pelo uso de algum medicamento, e lançando na ANVISA

7.3. Reconciliação medicamentosa: listagem completa das medicações de uso habitual do paciente, com o objetivo de fornecer medicamentos corretos ao paciente em todos os pontos de transição

7.4. Interação Droga Nutriente: principalmente a cerca do uso de anticoagulantes orais, e antibióticos

7.5. Orientações sobre saúde e prescrição de medicamentos

7.6. Rastreamento em saúde

7.7. Participar de discussões de casos clínicos

7.7.1. Visitas Multidisciplinares

7.8. Monitorização de erros de medicação

7.8.1. Farmacocinética Clínica

7.9. Entrevistar o paciente: Acolhimento Farmacoterapeutico/Reconciliação medicamentosa

7.9.1. Orientação/Aconselhamento de alta

8. Ciência de Saúde

8.1. Voltada à prática do uso racional e adequado de medicamentos, que busca cuidar, promover o bem-estar e prevenir doenças dos pacientes

9. Objetivos gerais

9.1. Desenvolvimento e/ ou manipulação de formas magistrais ou oficiais Produção de medicamentos e correlatos; Desenvolvimento de pesquisas; Estimular a implantação e o desenvolvimento da farmácia clínica.

9.2. Planejamento; Aquisição; Análise, Armazenamento; Distribuição; Controle de medicamentos e correlatos; Administrar suas próprias atividades didáticas;

10. Tipos de Gestão

10.1. Gestão administrativa

10.1.1. Gestão de estoques; Aquisição de medicamentos; Sistemas de Distribuição de medicamentos; Organograma Funcional.

10.2. Gestão clínica

10.2.1. Seleção de medicamentos ; Farmacoterapia ; Monitorização farmacoterapéutica ; Estudos de utilização de medicamentos

11. Farmácia Clínica

11.1. Auxilia nas necessidades do paciente com relação aos modos de administração, aos padrões de utilização e aos efeitos dos medicamentos

12. Farmácia Hospitalar

12.1. É a unidade clínico- assistencial, técnica e administrativa se processam as atividades relacionadas à assistência farmacêutica, dirigida exclusivamente por farmacêutico, compondo a estrutura organizacional do hospital e integrada funcionalmente com as demais unidades administrativas e de assistência ao paciente.