Migrações Forçadas e Refugiados

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Migrações Forçadas e Refugiados por Mind Map: Migrações Forçadas e Refugiados

1. IMIGRANTES: os 3 países que recebem mais imigrantes são Estados Unidos com 158 milhões de pessoas, Canadá com 47 milhões e Alemanha com 42 milhões (de acordo com dados de 2018)

2. EMIGRANTES: os 3 países com maior número de emigrantes são, Porto Rico com taxa de -31,4; Síria com taxa de -24,1 e Venezuela com taxa de -22,3. (Taxa líquida de migração por mil habitante entre 2015/2020)

3. REFUGIADOS: a Síria hoje em dia é o país com maior número de refugiados, tudo começou em 2010 com protestos buscando mais abertura democrática, a resposta violenta do governo resultou em 10 anos de conflito e 600 mil mortes, denominando a Guerra da Síria.

3.1. Como consequência o conflito também contribui para que o mundo enfrente a crise mais grave de refugiados desde a Segunda Guerra Mundial. O conflito na Síria provocou o deslocamento de mais de 6 milhões de pessoas, e outras 5,5 milhões fugiram para o exterior.

4. REFUGIADOS: a Venezuela nos últimos tempos vem passando por uma crise política e socioeconômica, desde que o presidente Nicolás Maduro assumiu a inflação no país ultrapassava os 800% ao ano, os preços dos barris de petróleo aumentavam, e havia falta de insumos básicos para sobrevivência em decorrência do colapso econômico. Essa situação tem levado milhares de venezuelanos a buscarem refúgio em outros países. Tendo como um dos principais destinos o Brasil.

4.1. As consequências disso afeta tanto Venezuela que está vivendo em colapso, quanto Brasil que não tem estrutura para manter esses refugiados, que estão concentrados em Roraima. Junto a isso temos também a xenofobia contra esses Venezuelanos.

5. XENOFOBIA: é o medo, aversão ou a profunda antipatia em relação aos estrangeiros, a desconfiança em relação a pessoas que vêm de fora do seu país com uma cultura, hábito, raça ou religião diferente.