Acidentes ofídicos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Acidentes ofídicos por Mind Map: Acidentes ofídicos

1. Participantes: Taisa Cardoso (secretaria) Jedaias Marinho (coordenador) Lorena Fernandes Joanna Moraes João Pedro cavalcante Juliana Gomes Maria Clara buenos Maria Paula Pedro Victor Melo

2. Gênero

2.1. Botrópico

2.1.1. Jararaca, jararacuçu, urutu

2.1.1.1. Sintomas

2.1.1.1.1. Dor e inchaço

2.1.1.1.2. Manchas arroxeadas (edemas e esquimose)

2.1.1.1.3. Sangramento pelos poros da picada

2.1.1.1.4. Regiões vitais, infecção e necrose na região da picada, além de insuficiência renal

2.2. Crotálico

2.2.1. Cascavel

2.2.1.1. Sintomas

2.2.1.1.1. Não apresenta dor ou lesão evidente

2.2.1.1.2. Apenas uma sensação de formigamento

2.2.1.1.3. Dificuldade de manter os olhos abertos

2.2.1.1.4. Visão turva ou dupla

2.2.1.1.5. Mal-estar, náuseas e cefaleia

2.2.1.1.6. Dores musculares generalizadas

2.2.1.1.7. Urina escura

2.3. Acidente laquético

2.3.1. Surucucu

2.3.1.1. Sintomas

2.3.1.1.1. Semelhantes ao acidente da jararaca

2.3.1.1.2. Dor abdominal

2.3.1.1.3. Vômitos, diarreia

2.3.1.1.4. Bradicardia, hipotensão

2.4. Acidente elapídico

2.4.1. Coral verdadeira

2.4.1.1. Sintomas

2.4.1.1.1. Dor de intensidade variável

2.4.1.1.2. Visão borrada ou dupla

2.4.1.1.3. Pálpebras caídas e aspecto sonolento

2.4.1.1.4. Paralisia dos músculos respiratórios

3. O que não fazer em caso de acidente

3.1. Não fazer torniquete ou garrote

3.2. Não cortar o local da picada

3.3. Não perfurar ao redor da picada

3.4. Não colocar folhas, pó de café ou outros contaminantes

3.5. Não beber bebidas alcoólicas querosene ou outros tóxicos

4. O que fazer em caso de acidente

4.1. Lavar o local do acidente apenas com água ou com água e sabão

4.2. Mantes o paciente deitado

4.3. Manter o paciente hidratado

4.4. Procurar o serviço médico mais próximo

4.5. Se possível, levar o animal para identificação

5. Tratamento

5.1. Soro específico para cada tipo de envenenamento