EMPREENDEDOR-CARACOL

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
EMPREENDEDOR-CARACOL por Mind Map: EMPREENDEDOR-CARACOL

1. Por Maria Eduarda Mathias

2. Poste com frequência: quanto mais atualizações em redes sociais, mais o seu produto estará exposto e mais a sua marca passará a impressão de um produto atraente.

3. Regionalize o serviço: é melhor atender bem em um raio delimitado do que tentar uma expansão que eleve custos e comprometa a qualidade do serviço. Só expanda se conseguir mantê-la.

4. Saiba a hora de deixar o casco: se o negócio der certo, chegará a hora de contratar assistentes, atender por apps e assim por diante. O importante é saber mensurar o custo de cada passo para não dá-lo antes da hora certa.

5. Incentive recomendações: ouvir elogios espontâneos dos clientes é bom, mas melhor ainda é eles espalharem aos amigos e vizinhos. Incentive marcações em redes e indicações a grupos.

6. Interaja com os clientes: um diferencial do caracol frente às lojas virtuais ou apps é ser uma pessoa de verdade interagindo com o cliente. Se aproveite disso sendo prestativo, simpático e pedindo feedbacks.

7. Enfrente os números: não é raro um caracol iniciante pagar para trabalhar sem perceber. Saiba em detalhes seus gastos com matéria-prima e o tempo para realizar entregas para melhor mensurá-los.

8. Organize a rotina: para não virar escravo do trabalho, defina os melhores horários para executar cada tarefa e respeite esses limites. Convém ter um celular dedicado somente a isso.

9. Divulgue bem os contatos: mantenha o perfil nas redes sociais e o número de contato sempre bem visíveis nos materiais de divulgação. Eles são a porta de entrada do negócio.

10. Capriche nas fotos e nos textos: erros ortográficos e fotos feias são como uma vitrine bagunçada. Capricho nos detalhes demonstra profissionalismo.

11. Diversifique em torno de um diferencial: a marca vai vender a sua especialidade, mas diversifique em torno dele. Convide a clientela e experimentar novidades.

12. O sucesso de um caracol depende de qualidade e dedicação excepcionais do empreendedor ao produto, o que é percebido e valorizado pelo cliente como um diferencial.

13. São pequenos negócios sem fachada, quase sempre enquadrados como Micro Empreendedores Individuais (MEI), cuja clientela fiel está praticamente toda dentro do celular.

14. Considerado um fenômeno que se espalhou por Porto Alegre com a prorrogação da pandemia

15. 10 mandamentos do empreendedor-caracol