Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Mamíferos por Mind Map: Mamíferos

1. Marsupiais

1.1. Características gerais

1.1.1. São mamíferos com uma peculiaridade evolutiva, o marsupio. Este é uma bolsa na qual onde ocorre parte do desenvolvimento embrionário do animal. Os tamanhos dos componentes deste táxon variam de centímetros a alguns metros. Possuem uma estrutura muita similar às glândulas mamárias do placentários. Os principais representantes do grupo são os Cangurus, Coalas e Gambás.

1.1.1.1. Reprodução

1.1.1.1.1. Ocorre de forma direta, interna, na troca de gametas. Porém dado um período (de acordo com a espécie) o embrião sai do útero, e se desenvolve no marsupio, uma "bolsa" encontrada na parte ventral, ou posterior, do animal.

1.1.1.1.2. Novo Tópico

1.2. Alimentão e dentição

1.2.1. Alimentam-se dos mais variados tipos de alimentos. Podem ser apenas herbívoros, ou onívoros. Tem a dentição equivalente ao alimento a se ingerir. Se for um Coala, terá melhor desenvolvimento dos molares, já um gambá, possui melhor desenvolvimento dos caninos.

1.3. Distribuição geográfica

1.3.1. encontram-se dispersos em grande parte da Oceania, Indonésia e Papua Nova Guiné e América do Sul e parte da América Central. São oriundos da antiga região da Gondwana.

1.3.1.1. Locomoção

1.3.1.1.1. São de acordo com o habitat e nicho do animal. Podem escalar árvores, correr e dar grandes saltos , no caso sendo uma peculiaridade dos Cangurus, que possuem patas traseiras adaptadas à essa ação

2. 🦔Monotremados

2.1. Características gerais

2.1.1. quadrúpedes, possuem pelos, não possuem mamas, mas possuem glândulas mamárias. Possuem um bico couraceiro, com poros sensoriais espalhados por ele, os machos possuem espinhos com veneno localizado no membro inferior. os membros da família Ornithorhynchidae, ornitorrinco, membranas interdigitais, cauda chata e o bico de formato semelhante ao de um pato. enquanto os da família Tachyglossidae, equidnas, possuem patas com garras, bicos alongados e pelos modificados em espinho.

2.1.1.1. Reprodução

2.1.1.1.1. ocorre de forma sexuada. Após a fecundação, o embrião permanece dentro do útero por quinze dias, e ao findar desse período é envolto por uma casca e o ovo formado e posto pelas fêmeas. as equidnas possuem bolsas onde carregame chocam os ovos, enquanto as fêmeas de ornitorrinco chocam os ovos em ninhos construídos pelas fêmeas.

2.2. Ecologia

2.2.1. os ornitorrincos são aquáticos e vivem em tocas e galerias cavadas nos barrancos dos rios. as equidnas, são noturnas e passam o dia em tocas.

2.2.1.1. Locomoção

2.2.1.1.1. Ornitorrinco não possui muita mobilidade em terra, mas é um exímio nadador. equidnas são terrestres e se locomovem como outros quadrúpedes.

2.3. Distribuição geográfica

2.3.1. podem ser encontrados na Oceania, especificamente Austrália, Tasmânia e Nova Guiné.

2.4. Dentição e alimentação

2.4.1. Somente os filhotes possuem dentes, vestigiais, e os perdem na fase adulta. os filhotes se alimentam do leite que secreta das glândulas mamárias no abdômen da mãe, os adultos ornitorrincos se alimentam de pequenas criaturas aquáticas como lagostins, e as equidnas de insetos, como formigas e cupins.

3. Placentários

3.1. Características gerais

3.1.1. Os placentários fazem parte do grupo dos Térios, infraclasse Eutheria e classe Mammalia, São animais vivíparos, possuem encéfalo com grandes hemisférios cerebrais, possuem período de gestação longo, o embrião recebe os nutrientes e o oxigênio necessários da placenta.

3.1.1.1. Reprodução

3.1.1.1.1. A fecundação é interna, os espermatozoides fecundam os óvulos.

3.2. Locomoção

3.2.1. Além das formas de locomoção na terra, como andar, correr, saltar, há duas características muito específicas de placentalias, presentes evolutivamente em algumas espécies, há adaptações para viver em água como peixes, mesmo que não tenham brânquias (Baleia, Golfinho, Peixe-boi), e também é onde há o único táxon de dos mamíferos capaz de voar (Chiroptera ou os morcegos em geral)

3.2.1.1. Distribuição geográfica

3.2.1.1.1. Presente em todas regiões do planeta.

3.3. Alimentação

3.3.1. Podem ter a alimentação à base de folhas, plantas e algumas ervas comia os bois e cavalos, raposas e leões são exemplos de carnívoros. Por fim, onívoros são aqueles que podem se alimentar tanto de fontes vegetais quanto animais, porcos e morcegos.

3.3.1.1. Dentição

3.3.1.1.1. -

3.3.1.1.2. possui muitas variações de dentes, sendo que estas determinam algumas ordens de mamíferos (Roedentia, Carnivora). Obtém nutrientes de acordo a dentição e o nicho a qual estão habituados, sendo a onivoria a forma mais prevalente de alimentação. Há também animais somente carnívoros (felídeos de grande porte...), Apenas herbívoros (Artiodáctilos) e alguns hematófagos (morcegos) e saprofagos (Hienas e tatus)

4. Alunos: Loren Bravim, Carlos José, Nícolas Stieg.