Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
ASMA por Mind Map: ASMA

1. Espaçadores ou aerocâmeras: ideal para pessoasl que não conseguem coordenar a inspiração e o jato do medicamento.

2. ETAPA I: dose baixa de CI e formoterol sob demanda

2.1. ou CI+ SABA sob demanda ou dose baixa de CI sempre que utilizar SABA

3. Determinar se é controlada ou não e gravidade.

3.1. Controlada. Parcialmente controlada Não controlada Utilizando GINA (global initiative for asthma)

3.1.1. Controlada: não há sintomas

3.1.2. Parcialmente controlada: 1-2 itens

3.1.3. Não controlada: 3-4 itens

3.1.4. Itens: Sintomas diurnos +2x/7dias Despertares noturnos por asma Medicação de resgate >2x/7dias Limitação de atividades por asma

4. Fatores que influenciam o controle

4.1. Adesão ao TTO

4.2. Tabagismo (passivo ou ativo)

4.3. Exposição ambiental e ocupacional (poeiras, poluição, alérgenos, látex, meterial de limpeza,, etc).

4.4. Beta-bloqueadores VO, formulações oftálmicas que produzem broncoespasmo, AINES e AS.

4.4.1. *observar se é pct cardiológico.

4.5. Comorbidades: investigar refluxo, obesidade, disfunção de cordas vocais, rinossinusite crônica, polipose nasal, ansiedade, depressão, apneia do sono, DPOC, aspergilose broncopulmonar alérgica, bronquiectasias.

5. Dispositivos Inalatórios

5.1. Inalação: nebulização (remédio + soro fisiológico).

5.2. Aerossol Dosimetrado: bombinha, o medicamento fica em um frasco sob pressão.

6. TRATAMENTO

6.1. >12a (adultos e adolescentes)

6.1.1. PARA TODOS: averiguar fatores ambientais (controle) e risco.

6.1.1.1. ETAPA II: CI+ B2 agonista de curta duração ou CI+ formoterol sob demanda

6.1.1.1.1. ou montelucaste + b2 agonista de curta duração ou dose baixa de CI sempre que usar b2 agonista de curta duração.

6.1.1.2. ETAPA III: CI dose baixa + B2 agonista de curta duração ou CI dose baixa + formoterol de manutenção e resgate.

6.1.1.2.1. ou dose baixa de CI + montelucaste + b2 agonista de curta duração sob demanda

6.1.1.3. ETAPA IV: CI dose média + b2 agonista de longa duração + b2 agonista de curta duração de resgate OU CI dose média + formoterol de manutenção + CI dose baixa + formoterol de resgate.

6.1.1.3.1. ou CI dose alta + tiotrópio ou montelucaste

6.1.1.4. ETAPA V: realizar fenótipo e realizar anti IgE, IL5 ou IL4R. + CI dose alta + b2 agonista de longa duração e adicionar tiotrópio.

6.1.1.4.1. Pode adicionar Cortcoide oral em dose baixa

6.1.2. menores de 12 anos

6.1.2.1. ETAPA I: CI+SABA por demanda+ CI dose baixa quando usar SABA ou dose baixa de CI diária.

6.1.2.2. ETAPA II:CI dose baixa + SABA por demanda ou dose baixa de CI+Montelucaste+SABA sob demanda

6.1.2.3. ETAPA III: CI dose baixa + LABA ou dose média de CI + SABA por demanda

6.1.2.4. ETAPA IV: CI dose média + LABA + SABA por demanda e encaminhamento para especialista ou CI dose alta + saba por demanda e adicionar tireotropio ou mentelucaste

6.1.2.5. ETAPA V: Realizar fenótipo, adicionar anti IGE ou adicionar mepolizumabe ou CO em dose baixa (considerar efeitos adversos)

7. PLANO DE AÇÃO

7.1. B2 agonista de curta duração utilizado por mais de 2 dias é sinal de alerta para evolução da asma. é necessário fazer reavaliação.

7.2. aumento de CI quando monoterapia ou CI+B2 agonista de longa duração de dose fixa: a dose de CI pode ser dobrada quando os sintomas piorarem.

7.3. ci quando monoterapia ou + formoterol de manutenção e resgate: dose diária fixa de 12/12h e doses adicionais no descontrole

8. SINTOMAS

8.1. Sibilos

8.2. dispneia

8.3. opressão torácica retroesternal

8.4. limitação variável do fluxo de vias aérea

8.5. tosse

9. *NÃO INTERFERE PARA TOMAR VACINA DA INFLUENZA NEM DA PNEUMONIA

9.1. Indicar ao paciente realizar a vacinação para diminuição de morbidade

10. Avaliações feitas em 4 semanas.