Cálculo Renal

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Cálculo Renal por Mind Map: Cálculo Renal

1. O que é?

1.1. Massa sólida formada por pequenos cristais, que podem ser encontrados em qualquer parte do trato urinário

2. Como ocorre?

2.1. A formação de cálculos não está claramente elucidada

2.2. Teorias

2.2.1. Existência de uma deficiência de substâncias que normalmente impedem a cristalização na urina, como citrato, magnésio, nefrocalcina e uropontina

2.2.2. relaciona-se com o estado do volume de líquidos do paciente (os cálculos tendem a ocorrer com mais frequência nos pacientes desidratados).

3. Fatores que favorecem a formação dos cálculos

3.1. Infecção

3.2. Estase urinária e períodos de imobilidade, que lentifica a drenagem renal e alteram o metabolismo do cálcio.

3.3. Concentrações aumentadas de cálcio no sangue e na urina promovem a precipitação do cálcio e a formação de cálculos (75% de todos os cálculos renais).

4. Tipos

4.1. Localização

4.1.1. Renal

4.1.2. Uretal

4.1.3. Vesical

4.2. Composição

4.2.1. Cálcio

4.2.2. Cistina

4.2.3. Estruvita

4.2.4. Ácido úrico

5. Sinais e sintomas

5.1. Urina rosada

5.2. Náuseas e vômitos são comuns

5.3. Desejo aumentado de ir ao banheiro urinar mas não expelir muita urina

5.4. Desejo de evacuar mas sem eliminar nada – pouco comum

5.5. Ardência para urinar

5.6. Febre e calafrios

5.7. Suor excessivo

5.8. Dor lombar variável e intensa, em cólica, que pode se irradiar para flanco, abdômen inferior e região genital (a vulva ou testículo)

6. Protocolo

6.1. Como urgência urológica, requer intervenção de toda a equipe multidisciplinar.

6.2. A conduta será direcionada com prioridade para a minimização da dor.

6.2.1. Cuidados indispensáveis

6.2.1.1. Acesso venoso de bom calibre para administração de analgésicos potentes, anti-inflamatórios, antiespasmódicos e o acompanhamento da evolução da dor.

6.2.1.1.1. 1º: AINE: diclofenaco, ibuprofeno

6.2.1.1.2. 2º Tramadol, morfina

6.2.1.1.3. 3º Espasmolíticos

6.2.1.2. Quando o paciente apresenta náuseas e vômitos, há necessidade do uso de antieméticos.

6.2.1.3. A hidratação auxilia na eliminação do cálculo ,mas é preciso certificar-se da conduta, pois há casos em que é indicada restrição hídrica devido a agravos pré-existentes como insuficiência cardíaca ou função renal comprometida.

6.3. Sinal de Giordano: dor à punho percussão na região lombar