GESTALT TERAPIA: FENOMENOLOGIA NA PRÁTICA CLINICA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
GESTALT TERAPIA: FENOMENOLOGIA NA PRÁTICA CLINICA por Mind Map: GESTALT TERAPIA: FENOMENOLOGIA NA PRÁTICA CLINICA

1. OBJETIVO DO ARTIGO: Investigar a pertinência (relação) da fenomenologia como método clinico e correlativa base epistemológica da Gestalt- Terapia

2. TIPO DE PESQUISA: bibliográfica

3. O QUE É FENOMENOLOGIA: Ciência que trata do aparecimento do fenômeno;

4. FENOMENOLOGIA PARA HUSSERL: É uma atitude filosófica e um método que visa o rigor mais radical para o conhecimento;

5. A filosofia é, segundo Husserl (1965), a representante da aspiração do conhecimento puro e absoluto não sabe como constituir-se como verdadeira ciência. Carece de problemas e métodos plenamente esclarecidos no seu significado.

6. Husserl queria elevar a filosofia a ciência de rigor (que embasaria todas s ciências)

7. A fenomenologia, como nova doutrina filosófica, tem a proposta, portanto, de ser uma ciência que fundamente com bases sólidas e seguras todo o conhecimento. Para tal propõe uma reforma rigorosa da filosofia

8. Gestalt-terapia é uma abordagem que tem por objetivo a arte do contato promovendo um encontro mais rico e criativo, que o mal-estar vivido pelo cliente podendo assim ser ampliado e transformado em novas formas de existência.

9. Sendo na terapia um espaço para um exercício de troca na vivência da relação entre terapeuta e cliente.

10. A fenomenologia possibilita que o profissional lide com as pessoas reconhecendo e respeitando suas singularidades