Processsos Celulare e Metalismo

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Processsos Celulare e Metalismo por Mind Map: Processsos Celulare e Metalismo

1. HOMEOSTASE

1.1. Propriedade do organismo de permanecer em equilíbrio mesmo quando ocorrem mudanças radicais no meio externo. Ou seja, o organismo está em equilíbrio.

1.2. METABOLISMO CELULAR

1.2.1. Conjunto de reações químicas de um organismo para produção de energia e homeostasia celular.

1.2.2. Catabolismo: compreende as reações de liberação de energia, a partir da decomposição de moléculas. É a fase que degrada o metabolismo.

1.2.2.1. Anabolismo: compreende as reações de armazenamento de energia, ocorrendo a síntese de compostos. Fase sintetizante do metabolismo.

1.2.3. ATP - Adesnosina Trifosfato: Captação e armazenamento de energia, se relaciona nas reações energéticas que ocorrem nas células, estas catabolizam a glicose para a formação de ATP como fonte energética.

2. RESPIRAÇÃO CELULAR

2.1. Fotossíntese, reação físico- química que ocorre a nível celular nas plantas, a partir do dióxido de carbono, água e luz, obtém a glicose.

2.2. Respiração Celular, é o processo em que a célula obtém energia, ATP, através da quebra de ligações entre as moléculas.

2.2.1. Respiração Anaeróbica, esta não utiliza o oxigênio como aceptor final.

2.2.2. Respiração Aeróbica, esta utiliza o oxigênio como aceptor final. Sendo dividida por: Glicólise, Ciclo de Krebs e Fosforilação oxidativa.

2.2.2.1. Glicólise: é quando ocorre quebra a glicose em duas moléculas de ácido pirúvico e no final com a compensação energética tem duas moléculas de ATP.

2.2.2.2. Ciclo de Krebs: acontece no interior da mitocôndria, onde acontece a chegada do ácido pirúvico e imediata reação com a coenzima A que produz uma molécula de acetil-Coa, sendo esta oxidada constitui o ciclo.

2.2.2.3. Fosforilação Oxidativa: é um processo em que a energia obtida por meio da degradação das moléculas vindas dos alimentos, glicose, é convertida em ATP. É a etapa final da respiração celular, onde ocorre a maior produção de ATP nas células.