Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Briófitas por Mind Map: Briófitas

1. Bioindicadores de poluição, por armazenarem carbono.

2. As briófitas são agrupadas em três filos: Marchantiophyta (as hepáticas), Bryophyta (os musgos) e Anthocerotophyta (os antóceros)

3. as hepáticas como irmãs de todas as outras plantas terrestres e também mostra que os antóceros compartilham um ancestral mais recente com as plantas vasculares

4. as briófitas frequentemente abrigam fungos ou cianobactérias simbiontes, que podem ajudar na aquisição de nutrientes minerais.

5. Os anterozoides são as únicas células flageladas produzidas pelas briófitas e necessitam de água para nadar até a oosfera

6. os cromossomos sexuais são distintos na meioise.

7. Muitas briófitas têm a capacidade de se reproduzir de modo assexuado por fragmentação (propagação vegetativa), em que pequenos fragmentos de tecido produzem um gametófito completo.

8. A reprodução sexuada nas briófitas envolve a produção de anterídios e arquegônios, frequentemente em gametófitos masculino e feminino separados.

9. Outro meio disseminado de reprodução assexuada tanto nas hepáticas quanto nos musgos é a produção de gemas – corpos multicelulares que dão origem a novos gametófitos

10. Plantas dependentes da água pra fecundação

11. a presença de gametângios masculinos e femininos, denominados anterídios e arquegônios, respectivamente, com uma camada protetora denominada envoltório estéril.

12. retenção do zigoto e do embrião multicelular em desenvolvimento ou esporófito jovem dentro do arquegônio ou gametófito feminino

13. a presença de um esporófito diploide multicelular, que resulta em aumento do número de meioses e amplificação do número de esporos que podem ser produzidos depois de cada evento de fecundação

14. os esporângios multicelulares, que consistem em um envoltório estéril e um tecido interno produtor de esporos (esporógeno)

15. meiósporos com paredes contendo esporopolenina, que resiste à decomposição e à dessecação

16. ecidos produzidos por um meristema apical

17. o gametófito é habitualmente maior e de vida livre, enquanto o esporófito é menor e permanentemente ligado a seu gametófito parental, do qual é nutricionalmente dependente