Classificação das Rodovias

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Classificação das Rodovias por Mind Map: Classificação das Rodovias

1. 1. quanto à posição geográfica

1.1. Radiais: 1º algarismo 0; liga Brasília a outro ponto importante do país.

1.2. Longitudinais: 1º algarismo 1; desenvolve traçado na direção norte-sul.

1.3. Transversais: 1º algarismo 2; desenvolve traçado na direção leste-oeste.

1.4. Diagonais: 1º algarismo 3; desenvolve traçado segundo as direções NE-SO ou NO-SE.

1.5. Ligação: 1º algarismo 4; ligam pontos importantes das outras categorias.

2. 2. quanto à função

2.1. 1. Arterial

2.1.1. Principal:

2.1.1.1. Viagens internacionais e inter-regionais.

2.1.1.2. Classes 0 e I

2.1.2. Primário:

2.1.2.1. Viagens inter-regionais e interestaduais. Função essencial de mobilidade.

2.1.2.2. Classe I

2.1.3. Secundário:

2.1.3.1. Viagens intra-estaduais e não servidas pelos superiores.

2.1.3.2. Classes I e II

2.2. 2. Coletor

2.2.1. Primário:

2.2.1.1. Viagens intermunicipais.

2.2.1.2. Classes II e III

2.2.2. Secundário:

2.2.2.1. Ligar áreas não servidas pelo sistema coletor primário ou arterial.

2.2.2.2. Classes III e IV

2.3. 3. Local

2.3.1. Viagens intra-municipais.

2.3.2. Classes III e IV

3. 3. quanto à jurisdição

3.1. Estradas Federais

3.1.1. é uma via arterial e interessa diretamente a nação, quase sempre percorrendo mais de um estado.

3.2. Estradas Estaduais

3.2.1. tem usualmente a função de arterial ou coletora. Ligam entre si cidades e a capital de um estado.

3.3. Estradas Municipais

3.3.1. são construídas pelo governo municipal e se destinam ao interesse deste

4. 4. quanto às condições técnicas

4.1. Classes de projeto

4.1.1. 0

4.1.1.1. Via expressa; controle total de acesso; decisão administrativa.

4.1.1.2. VD (KM/h):

4.1.1.2.1. Plana: 120; Ondulada: 100; Montanhosa: 80

4.1.2. I

4.1.2.1. A

4.1.2.1.1. Pista dupla; controle parcial de acesso. Os volumes de tráfego previstos ocasionarem níveis de serviço em rodovia de pista simples inferiores aos níveis C ou D.

4.1.2.2. B

4.1.2.2.1. Pista simples; controle parcial de acesso. VMH > 200 ; VMD > 1400

4.1.2.3. VD (KM/h):

4.1.2.3.1. Plana: 100; Ondulada: 80; Montanhosa: 60.

4.1.3. II

4.1.3.1. Pista simples; 700 < VMD ≤ 1400 veículos.

4.1.3.2. VD (KM/h):

4.1.3.2.1. Plana: 100; Ondulada: 70; Montanhosa: 50.

4.1.4. III

4.1.4.1. Pista simples; 300 ≤ VMD ≤ 700 veículos.

4.1.4.2. VD (KM/h):

4.1.4.2.1. Plana: 80; Ondulada: 60; Montanhosa: 40.

4.1.5. IV

4.1.5.1. A

4.1.5.1.1. Pista simples; 50 ≤ VMD ≤ 300 veículos.

4.1.5.2. B

4.1.5.2.1. Pista simples; VMD < 50 veículos.

4.1.5.3. VD (KM/h):

4.1.5.3.1. Plana: 80-60; Ondulada: 60-40; Montanhosa: 40-30.

5. 5. quanto à proximidade dos aglomerados populacionais

5.1. Rodovias em áreas urbanas

5.1.1. trechos de rodovias localizados dentro do perímetro urbano das cidades ou municípios.

5.2. Rodovias Rurais

5.2.1. trechos de rodovias que conectem áreas urbana e industrial, pontos de geração e atração de tráfego e pontos significativos dos segmentos modais, atravessando área rural.

5.3. Estradas Vicinais

5.3.1. Estrada local, destinada principalmente a dar acesso a propriedades lindeiras ou caminhos que liga povoações relativamente pequenas e próximas.