Cópia do Esterilização por vapor saturado sob pressão

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Cópia do Esterilização por vapor saturado sob pressão por Mind Map: Cópia do Esterilização por vapor saturado sob pressão

1. Autoclave gravitacional: o ar é removido por gravidade, assim quando o vapor é admitido a câmara, o ar na superfície inferior da câmara. Autoclave pré-vácuo: o ar é removido pela formação de vácuo, antes da entrada do vapor, assim quando este é admitido, penetra instantaneamente nós pacote.

2. INDICADO: instrumental cirúrgico, tecidos, silicone, cerâmica, motores blindados, borracha, vidros e líquidos.

3. CICLO DE ESTERILIZAÇÃO, INDEPENDENTE DO TIPO DE AUTOCLAVE: condicionamento, esterilização e secagem. O tempo varia de acordo com a temperatura adorada, e não com o tipo de autoclave, e é padronizado pela norma British Standard (BS) Em 285/2015, o parâmetro mais utilizado é 134oC por 3 minutos.

4. O método é realizado em uma autoclave através do método físico, utilizando o valor úmido sob pressão, dispondo de parâmetros para o processo: temperatura, pressão/tempo, saturação e do vapor(calor/úmido).

5. COMO PREENCHER A CÂMARA DO EQUIPAMENTO: deve ser preenchida, no máximo, até 80% da sua capacidade total, sem que os demais encostem nas paredes.

6. PARÂMETROS OFICIAIS E MAIS FREQUENTES SÃO: 121oC por 15m de um carregamento de autoclave, o ciclo expandido de 134oC por 18 minutos será recomendado para esterilização de PPS suspeitos de terem sido contaminados por proteínas priônicas.

7. CICLO DE ESTERILIZAÇÃO A VAPOR USO IMEDIATO: é também conhecida como ciclo flash.

8. Os equipamentos utilizados para este método de esterilização são as autoclaves. Elas constituem-se basicamente de uma câmara em aço inox, com uma ou duas portas, possui válvula de segurança, manômetros de pressão e um indicador de temperatura. Elas podem ser divididas em dois tipos.

9. O efeito local decorre da ação conjugada da temperatura e umidade. O vapor, em contato com uma superfície mais fria, umedece, libera calor penetra nos materiais porosos e possibilita a coagulação das proteínas dos micro-organismos.

10. Método utilizado sob pressão como agente esterilizante para esterilizar PPS por meio da termocoagulação das proteínas dos microrganismos.