Citopatologia Esfoliativa Convencional

Artigo - Metodo de coleta e a qualidade do esfregaço da mucosa oral

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Citopatologia Esfoliativa Convencional por Mind Map: Citopatologia Esfoliativa Convencional

1. Esfregaço Ideal

1.1. Quantidade adequada - células

1.2. Numero reduzido de artefatos - Tecidos

1.3. Distribuição uniforme - Amostra

1.4. Boa fixação

2. Estudo morfológico e morfométrico - Células descamadas da mucosa

2.1. Suprabasais

2.2. Microscópio Óptico

3. Coleta do material

3.1. Raspagem - superfície da lesão

3.1.1. Espátula/Escova

3.2. Esfregaço da superfície - lâmina de vidro

3.3. Coloração Papanicolau ou de Ácido Periódico de Schiff (PAS)

3.3.1. Visualização de células maligna/doenças virais ou fúngicas

3.4. Problemas: Sobreposição celular no esfregaço

3.4.1. Excesso de saliva

4. Vantagens

4.1. Indolor

4.2. Inócuo

4.3. Não Invasivo

4.4. Baixo custo

5. Desvantagens

5.1. Não tem a mesma eficácia da biópsia

5.1.1. Tipo de lesão existente