Saúde mental dos idosos na tensão básica (UBS)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Saúde mental dos idosos na tensão básica (UBS) por Mind Map: Saúde mental dos idosos na tensão básica (UBS)

1. Sendo a terceira idade a faixa etária que mais cresce no Brasil, proporcionalmente, as doenças decorrentes da velhice também terão acréscios consideráveis e condizentes com o número total de idosos. Nesse contexto, destaca-se a prevalência de doenças neurológico-degenerativas e as tendências à depressão.

2. A investigação da depressão em idosos está se tornando cada vez mais importante por se tratar de uma doença muito comum, que geralmente é considerada o resultado natural do envelhecimento, mas é esquecida como uma incidência que pode causar sérios prejuízos à qualidade de vida dos os idosos e seus familiares, isso tem trazido altos custos para toda a sociedade. Portanto, a importância desse tema necessita de pesquisas contínuas, pois os profissionais de saúde devem identificar, avaliar, encaminhar e tratar idosos com emoções alteradas.

3. Reconhecer a depressão em idosos pode ser mais difícil do que em outras idades. Nessa idade, profissionais e pacientes podem atribuir a depressão ao processo de envelhecimento. O estudo da revista comprovou que a incidência de depressão em idosos é alta. A pesquisa mostra maior incidência de casos de depressão em mulheres, idosos de 70 a 79 anos, viúvos, sem escolaridade ou ensino fundamental incompleto e aposentados que não participam da comunidade Atividades.

4. Os resultados desta pesquisa sugerem a necessidade de um olhar mais atento para a depressão na população idosa. Os profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, devem ser capacitados a reconhecer os sintomas mais comuns da depressão em idosos, dando mais subsídios às investigações clínicas rotineiras e permitindo intervenções precoces e eficazes.

5. A depressão é uma doença grave, comum em idosos, mas que frequentemente é subdiagnosticada e até mesmo ignorada, já que os profissionais de saúde veem os sintomas depressivos como manifestações normais no processo de envelhecimento. Pesquisas realizadas em comunidades têm mostrado correlação positiva entre a idade (acima de 65 anos) e os sintomas depressivos.7 Investigações epidemiológicas demonstram que a depressão é o distúrbio da saúde mental mais frequente na terceira idade e que está associada à maior morbidade e mortalidade nessa faixa etária, principalmente quando doença física ou declínio cognitivo estão presentes.

6. Revista mineira de enfermagem Ano: 2016 Depressão em idosos na estratégia saúde da família: uma contribuição para a atenção primária