BIOENERGÉTICA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
BIOENERGÉTICA por Mind Map: BIOENERGÉTICA

1. ATP (Adenosina trifosfato)

1.1. Armazenamento temporário de energia

1.2. Fonte energética do organismo para a contração muscular (quebra do ATP em Adenosina Difosfato/ADP)

2. Metabolismo Anaeróbio

2.1. Atividade física com ausência de O²

2.2. Sistema Glicolítico

2.2.1. Duração maior em relação ao ATP-CP, duração de até 3 min.

2.2.2. Uso da glicose provinda de Carboidratos

2.2.3. Quebra da Glicose (C6H12O6), energia provinda da Glicólise.

2.2.4. A PFK (Enzima Fosfofrutoquinase) controla a velocidade do metabolismo glicolítico.

2.2.5. Produção do Ácido Lactato, responsável pela fadiga muscular.

2.2.6. Exercícios Láticos devem ser evitados, principalmente para crianças. No entanto, recomenda-se de 20 a 30 minutos de exercícios vigorosos para crianças e adolescentes.

2.3. Sistema ATP-CP

2.3.1. Quebra da Fosfocreatina (CP) auxiliando na liberação de ATP

2.3.2. Predomina até 30 segundos

2.3.3. Alta intensidade, curta duração

2.4. Exemplos de exercícios anaeróbicos: Musculação, Pilates, corrida de 100m e etc.

3. Metabolismo Aeróbico

3.1. Produz bastante ATP

3.2. Exercícios de Média ou baixa intensidade, mas com longa duração

3.3. Substrato: Glicose/Glicogênio

3.3.1. Ácidos Graxos

3.3.1.1. Aminoácidos

3.4. Produção do Acetil CoA, para inclusão no Ciclo de Krebs. A partir dessa quebra obtém-se CO² e H+.

3.4.1. O CO² é eliminado pelos pulmões e o H+ é levado ao sistema de transporte de elétrons e transformado em água, enquanto o ATP é ressintetizado.

3.5. As enzimas da mitocôndria associadas com a síntese do ATP aumentam devido ao treino de longa duração.

3.6. Exemplos de exercícios aeróbicos: Caminhadas, dança, pedalada e etc.