BACTERIOLOGIA CLÍNICA

Mapa Mental: Bacteriologia

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
BACTERIOLOGIA CLÍNICA por Mind Map: BACTERIOLOGIA CLÍNICA

1. ESTRURAS BÁSICAS

1.1. Estruturas comuns a todas as bactérias, essenciais para a vida.

1.1.1. Membrana Plasmática

1.1.1.1. Funções: Transporte de substância, Permeabilidade seletiva, proteção e produção de ATP (Energia).

1.1.2. Parede Celular

1.1.2.1. Formato da célula:

1.1.2.1.1. - Cocos (Esféricos);

1.1.2.1.2. - Bacilos ou Bastão;

1.1.2.1.3. - Vibrios ou Vibriões;

1.1.2.1.4. - Micelares;

1.1.2.1.5. - Espirilo e Espiroqueta;

1.1.2.1.6. - Pleomôrficas

1.1.3. Nucleóide

1.1.3.1. Núcleo disperso no citoplasma da bactéria, e principalmente no processo de reprodução bacteriana. Não é delimitado por uma membrana.

1.1.4. Citoplasma

1.1.5. Mesossomos

1.1.5.1. Seguem as mesmas características de lisossomos, promove a digestão, destrói (matar) e produz substâncias antioxidantes (peroxissomos) produção e síntese de substâncias que não são proteicas.

1.1.6. Ribossomos

1.1.6.1. Faz a síntese lipoproteícas

1.1.7. DNA Cromossonal

2. Chaves de identificação e métodos de contagem

3. BACTÉRIAS NÃO-PATOGÊNICAS

4. BACTÉRIAS DE INTERESSE MÉDICO, INDUSTRIAL E ALIMENTAR

5. Bacteriologia Laboratorial

5.1. Técnicas de coleta e cultivo laboratorial - Preparo de acordo com as espécimes

5.1.1. Coleta

5.1.1.1. - Pele, anexos e mucosas; - Líquidos corporais e Secreções; - Ambiente.

5.1.1.1.1. - Swab - Cotonete grande. - Bisturi cego (raspagem da superfície);

5.1.2. Fixação

5.1.2.1. - Reações químicas ( Álcool absoluto 96%, substância fixadora universal)

5.1.2.1.1. Etanol (álcool 90-95%)

5.1.2.1.2. Ácido Acético

5.1.2.1.3. Mercúrio Clorado

5.1.2.1.4. Formaldeído (formol 4%) - Melhor fixado

5.1.2.1.5. Glutaraldeído

5.1.2.1.6. Acetona

5.1.2.2. - Por aquecimento e ar seco (Bico de Bunsen);

5.1.3. Coloração

5.1.3.1. - Exame Direto (sem corante);

5.1.3.2. - Diferencial (e o corante reage diferentemente com diferentes tipos de bactérias);

5.1.3.2.1. Coloração de Ziehl-Neelsen

5.1.3.3. - Específicas (são aquelas utilizadas para corar e identificar partes específicas dos micro-organismos como esporos, flagelos ou ainda revelar a presença de cápsulas).

5.1.3.4. Corantes Básicos (Catiônicos)

5.1.3.4.1. Coloração de Baar: Micobactéria

5.1.3.4.2. Gram: Diferencia Gram + de Gram -

5.1.3.4.3. Corante específico (cora cápsulas)

5.1.3.5. Corantes Ácidos (Aniônicos)

5.1.3.5.1. Eosina

5.1.3.5.2. Rosa Bengala

5.1.3.5.3. Fucsina Ácida

5.1.3.6. Corante de solubilização

5.1.3.6.1. Reagentes de Schiff (PAS)

5.1.3.6.2. Sudam III

5.1.4. Cultivo

5.1.4.1. Meios de Cultural

5.1.4.1.1. Agar

5.1.4.1.2. Seletivo

5.1.4.1.3. Tubos de cultivo

5.1.4.1.4. Macronutrientes

5.1.4.1.5. Micronutrientes

6. ESTRUTURAS ACESSÓRIAS

6.1. Estruturas que confere sobrevivência para bactérias. Não são comuns a todas bactérias, de acordo ao processo adaptativo

6.1.1. Flagelo

6.1.2. Cápsula

6.1.3. Plasmídio

6.1.3.1. Não e uma estrutura de DNA cromossomal

6.1.4. Cílios

6.1.5. Pili Sexual

7. Reino Monera

7.1. - Unicelular - Procarioto: não tem envoltório nuclear

8. Bactérias Gram

8.1. - Gram +: ficam com padrão de cor roxa, estão presentes no lado externo do corpo (pele).

8.2. -Gram -: ficam com padrão de cor róseas, estão presentes nos órgãos internos.