TERCEIRA LEI DE NEWTON

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
TERCEIRA LEI DE NEWTON por Mind Map: TERCEIRA LEI DE NEWTON

1. Embora possuam o mesmo módulo, direção e sentido, as forças de ação e reação não produzem os mesmos efeitos. Isso acontece porque elas agem sobre corpos diferentes, logo, as forças de ação e reação possuem efeitos distintos.

2. Em uma colisão entre dois carros, ambos amassam devido ao princípio da ação e reação. Contudo, o impacto da deformação em um dos carros pode ser maior do que o do outro. Isso ocorre porque material de um dos carros pode ser mais frágil do que em outro, mas as forças de ação e reação são iguais;

3. As forças de ação e reação agem em pares e em corpos diferentes. Por nunca agir sobre os mesmos corpos, em hipótese alguma haverá ação sem reação, de modo que a resultante entre essas forças não pode ser nula, bem como, não pode se equilibrar, pois elas atuam em corpos diferentes.

4. Princípio que relaciona as forças de interação entre os corpos

4.1. A Terceira Lei de Newton (Princípio da Ação e Reação) diz que para toda força de ação existe uma força de reação que possui o mesmo módulo e direção, porém em sentido contrário.

4.2. Segundo a Terceira Lei de Newton, se um corpo A exerce uma força sobre um corpo B, o corpo B, consequentemente, exerce uma força de mesma intensidade sobre o corpo A. Essa força de interação resulta nas forças de ação e reação que possuem a mesma direção, porém os sentidos são diferentes.

5. Atuação das forças de ação e reação

5.1. De acordo com a Terceira Lei de Newton (Princípio da Ação e Reação), uma característica importante sobre as forças de ação e reação é que elas ocorrem aos pares, uma vez que são resultantes da interação entre os corpos.

6. Aplicações da Terceira Lei de Newton (Princípio da Ação e Reação)

6.1. De acordo com a Terceira Lei de Newton (Princípio da Ação e Reação), uma característica importante sobre as forças de ação e reação é que elas ocorrem aos pares, uma vez que são resultantes da interação entre os corpos.

6.2. As forças de ação e reação agem em pares e em corpos diferentes. Por nunca agir sobre os mesmos corpos, em hipótese alguma haverá ação sem reação, de modo que a resultante entre essas forças não pode ser nula, bem como, não pode se equilibrar, pois elas atuam em corpos diferentes.

6.2.1. Embora possuam o mesmo módulo, direção e sentido, as forças de ação e reação não produzem os mesmos efeitos. Isso acontece porque elas agem sobre corpos diferentes, logo, as forças de ação e reação possuem efeitos distintos.

7. EXEMPLOS

7.1. Durante o disparo de uma arma, o atirador é impulsionado em sentido contrário da bala por uma força de reação ao disparo;

7.2. Quando uma pedra atinge uma vidraça, ambos os corpos interagem, provocando a força de ação e reação. No entanto, a força que a vidraça aplica sobre a pedra apenas reduz a sua velocidade, enquanto a força que a pedra aplica à vidraça é capaz quebrá-la;

7.3. O lançamento de um foguete no espaço gera um sistema de impulsão com motores que expulsam gases em diferentes direções. Ao expulsar os gases em um sentido, o foguete experimenta uma força no sentido contrário. Essa força faz com que eles se afaste da superfície da Terra.