BIOMOLÉCULAS

Bioquímica

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
BIOMOLÉCULAS por Mind Map: BIOMOLÉCULAS

1. São as moléculas orgânicas encontradas na composição dos seres vivos.

1.1. Moléculas orgânicas x inorgânicas

1.1.1. Inorgânicas: Sais minerais, obtidos através da alimentação. Ex.: Cálcio, ferro, potássio, sódio, etc.

2. Há quatro elementos químicos mais abundantes nos organismos vivos: carbono, hidrogênio, nitrogênio e oxigênio.

2.1. Sendo representados também pelo CHONPS

2.1.1. Carbono (C)

2.1.2. Hidrogênio (H)

2.1.3. Oxigênio (O)

2.1.4. Nitrogênio (N)

2.1.5. Fosfóro (P)

2.1.6. Enxofre (S)

3. Antoine-Laurent de Lavoisier

3.1. Pai da química moderna

3.2. Diferenciou a química inorgânica da química orgânica através de simplicidade de uma e complexidade da outra.

4. São formadas por átomos de carbono.

4.1. São dezenas a milhares de carbonos reunidos em um esqueleto carbônico ligado a outros elementos químicos em menor quantidade.

5. Lipídios

5.1. Monômeros - Ácidos Graxos. São compostos apolares, insolúveis em água. Alguns são compostos anfipáticos, ou seja, apresenta uma porção polar e outra apolar. Contém carbono, hidrogênio, oxigênio e as vezes nitrogênio e fosfóro.

5.2. Funções: Fonte de energia (ATP); reserva de energia; função estrutural; cofatores enzimáticos; hormônios e pigmentos, isolante térmico e elétrico.

6. Aluna: Larissa Rodrigues Alves Matrícula: 202101349725 Professor: Gláucio Diré

7. Aminoácidos

7.1. Possuem um grupo amino (NH²) e um grupo carboxila (COOH), ligados a um único carbono, o carbono alfa, um átomo de hidrogênio ligado e um grupo R. Podem ser utilizados como: fonte de energia (ATP); tampões de pH intracelular, matéria-prima para síntese de proteínas; neurotransmissores.

7.2. Essenciais: Não podem ser sintetizados pelo organismo. Precisam ser ingeridos.

7.3. Não essenciais: São sintetizados pelo organismo.

8. Proteínas

8.1. Compostas por aminoácidos ligados entre si (51 a 100), ligações peptídicas. Vital para a manutenção do metabolismo.

8.1.1. 20 tipos de aminoácidos que se ligam e formas os tipos diferentes de proteínas.

8.2. Estruturas: primárias, secundária, terciária e quartenária.

8.3. Fibrosas ou globulares.

8.4. Assumem papel de enzimas, composição hormonal e de anticorpos, coagulação sanguínea, transporte de O² (hemoglobina), movimenta músculos (miosina e actina).

9. Carboidratos

9.1. Hidratos de carbono. Estrutura: carbono, hidrogênio e oxigênio (CH²O). Alguns fogem desse padrão.

9.2. Conhecidos também como glicídeos, que significa açúcar.

9.2.1. Monossacarídeo, dissacarídeo, polissacarídeo e oligossacarídeo.

9.2.2. Monossacarídeo - 5 a 6 carbonos (glicose, frutose, ribose).

9.2.3. Polissacarídeos - Formados por 10 ou mais monossacarídeos (Amido nas plantas, glicogênio no fígado e tecido muscular).

9.3. Nutrição de organismos não fotossintetizantes, fonte energética, reserva energética, forma o esqueleto estrutural do DNA e RNA e de paredes celulares de bactérias, composição de ácidos nucléicos, matéria-prima para biossíntese e interações célula-célula.

10. Vitaminas

10.1. Moléculas orgânicas necessárias, não sintetizadas pelo organismo. Absorvidas através da alimentação.

10.2. Catalisadoras de reações químicas,

10.3. Hidrossolúveis e Lipossolúveis.

10.3.1. Hidrossolúveis: solúveis em água, vitaminas do complexo B e vitamina C.

10.3.2. Lipossolúveis: solúveis em gordura, podendo ser armazenadas. Vitaminas A, D, E e K.

11. Ácidos Nucléicos

11.1. Presentes no interior das células dos organismos vivos, formados por nucleotídeos (grupo fosfato, açúcar pentose e base nitrogenada. Possuem caráter ácido.

11.1.1. Armazenamento, transmissão e tradução das características genéticas.

11.2. DNA e RNA.

11.2.1. DNA: Constituído pela desoxirribose e menos átomos de O². Ácido desoxirribonucleico.

11.2.2. RNA: Constituído pela ribose. Ácido ribonucleico