Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
HOMEOSTASE por Mind Map: HOMEOSTASE

1. O que é? A homeostase é um sistema integrado do organismo que mantém estabilidade das funções de entrada, metabolização e excreção. Homeostase nem sempre pode ser considerada como um equilíbrio do organismo e sim como um estado de estabilidade dinâmico do organismo.

2. Função da homeostase: A função principal da homeostase é regular os incontáveis processos que acontecem no corpo de maneira a mantê-lo dentro de uma condição normal. ... Nesse processo evolutivo, a homeostase tem um papel central, já que ela faz com que o organismo reaja mediante certas condições mais extremas.

3. FEEDBACK POSITIVO feedback positivo ou retroalimentação positiva ocorre em menor quantidade quando comparado ao mecanismo de feedback negativo. O feedback positivo, diferentemente do negativo, garante o aumento do estímulo que causa desequilíbrio, reforçando-o.

4. FEEDBACK NEGATIVO O feedback negativo ou retroalimentação negativa é um dos mecanismos mais importantes para a manutenção da homeostase do nosso corpo, ou seja, para o equilíbrio interno. Esse mecanismo garante uma mudança contrária em relação à alteração inicial, ou seja, produz respostas que reduzem o estímulo inicial.

4.1. Os hormônios produzidos pela glândula tireoide também são regulados pelo mecanismo de feedback negativo. Quando os níveis desses hormônios caem abaixo do nível normal, o hipotálamo secreta o TRH, que é levado até a adenoipófise, estimulando a produção de TSH. Como o TSH estimula a liberação de hormônios pela glândula tireoide, ocorre um aumento dos hormônios tireoidianos, bloqueando a liberação de TRH e, consequentemente, de TSH pela adenoipófise.

5. CENTRO DE INTEGRAÇÃO

5.1. A regulação homeostática necessita de 3 mecanismos para seu funcionamento: o receptor, o centro de controle e o efetor.

5.2. O receptor capta as informações do ambiente externo que pode alterar o no meio interno. O centro de controle ou centro de integração, recebe e processa a informação captada pelo receptor. Por fim, o efetor responde aos comando do centro de controle, promovendo determinada resposta, com a finalidade de retorno ao equilíbrio inicial. Esse processo funciona continuamente para restaurar e manter a homeostase, ou seja, o equilíbrio interno do organismo. Por exemplo, na regulação da temperatura corporal, há receptores de temperatura na pele que enviam informações para o cérebro (cento de controle) que por sua vez, envia ordens para os vasos sanguíneos, coração, pulmões e glândulas sudoríparas presentes na pele