Figuras de Linguagem

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Figuras de Linguagem por Mind Map: Figuras de Linguagem

1. Figuras Semânticas

1.1. Metáfora

1.1.1. Produz sentidos figurados por meio de comparações. Também é um recurso expressivo.

1.1.1.1. Ex: Vi sorrir o amor que tu me deste.

1.2. Comparação

1.2.1. É caracterizada pela analogia explícita entre termos de um enunciado, já que conta com a presença de conjunção ou locução conjuntiva comparativa.

1.2.1.1. Ex: Giovanni é mais velho do que Juan

1.3. Metonímia

1.3.1. É a substituição de uma palavra por outra, quando entre ambas existe uma relação de proximidade de sentidos que permite essa troca.

1.3.1.1. Ex: Tenho muitas cabeças de gado na minha fazenda.

1.4. Catacrese

1.4.1. Conceitua a utilização de determinado termo fora do seu contexto original para nomear, de modo figurativo, algo que não possui um nome específico.

1.4.1.1. Ex: A asa da xícara estava quente

1.5. Sinestesia

1.5.1. É caracterizada pelo uso de palavras que remetem a diferentes ordens sensoriais para gerar um efeito no discurso.

1.5.1.1. Ex: A fazenda tinha o cheiro doce da minha infância.

1.6. Perífrase

1.6.1. É utilizada para representar o uso de uma expressão ou frase que corresponda de modo indireto a determinado nome ou palavra.

1.6.1.1. Ex: A Cidade Luz continua atraindo visitantes do mundo todo.

2. Figuras de Pensamento

2.1. Hipérbole

2.1.1. Consiste em exagerar uma ideia com finalidade expressiva. É um exagero intencional na expressão.

2.1.1.1. Ex: Fiquei tão triste que chorei litros.

2.2. Eufemismo

2.2.1. É caracterizada por suavizar a informação de um enunciado. Portanto, é usado, principalmente, em contextos formais ou nas situações em que o enunciador pretende ser agradável, preocupado em não ofender interlocutores ou ouvintes.

2.2.1.1. Ex: Ele falta com a verdade.

2.3. Ironia

2.3.1. É a utilização de palavras que manifestam o sentido oposto do seu significado literal.

2.3.1.1. Ex: Olha só quem chegou! Não tá nem um pouco atrasado!!

2.4. Personificação

2.4.1. Consiste em atribuir a objetos inanimados ou seres irracionais, sentimentos ou ações próprias dos seres humanos.

2.4.1.1. Ex: Está um dia triste

2.5. Antítese

2.5.1. Consiste na formação de uma frase com palavras ou expressões de sentidos contrários.

2.5.1.1. Ex: Meus olhos andam cegos de te ver

2.6. Paradoxo

2.6.1. É uma declaração aparentemente verdadeira que leva a uma contradição lógica, ou a uma situação que contradiz a intuição comum.

2.6.1.1. Ex: Tudo é relativo.

3. Figuras de Sintaxe

3.1. Elipse

3.1.1. Ocorre com a omissão de um termo que pode ser subentendido no texto.

3.1.1.1. Ex: Na sala, apenas quatro ou cinco convidados.

3.2. Zeugma

3.2.1. Consiste na omissão de um ou mais elementos de uma oração, já expressos anteriormente. O zeugma é uma forma de elipse.

3.2.1.1. Ex: A vida é um grande jogo e o destino, um parceiro temível.

3.3. Pleonasmo

3.3.1. Consiste na repetição de um termo da oração ou do significado de uma expressão, isto é, alguma informação que é repetida desnecessariamente.

3.3.1.1. Ex: Subir pra cima

3.4. Silepse

3.4.1. Trata da concordância que acontece não com o que está explícito na frase, mas com o que está mentalmente subentendido, com o que está oculto.

3.4.1.1. Ex: A velha São Paulo cresce a cada dia.

3.5. Políssindeto

3.5.1. Consiste no emprego repetitivo da conjunção entre as orações de um período ou entre os termos de oração e geralmente é a conjunção "e", "nem" ou "mas".

3.5.1.1. Ex: Há dois dias meu telefone não fala, nem ouve, nem toca, nem tuge, nem muge.

3.6. Anacoluto

3.6.1. Consiste numa irregularidade gramatical na estrutura de uma frase, como se o locutor começasse uma frase e houvesse uma mudança de rumo no pensamento

3.6.1.1. Ex: O relógio da parede eu estou acostumado com ele, mas você precisa mais de relógio do que eu.

3.7. Anáfora

3.7.1. É a repetição da mesma palavra ou grupo de palavras no princípio de frases ou versos consecutivos.

3.7.1.1. Ex: Se você cantasse, Se você gemesse, Se você tocasse.

4. Figuras de Som

4.1. Onomatopeia

4.1.1. São palavras que procuram imitar aproximadamente sons e ruídos gerados por alguma ação ou aqueles emitidos por objetos, animais e fenômenos da natureza.

4.1.1.1. Ex: POW (Algo caindo)

4.2. Aliteração

4.2.1. É a repetição de fonemas consonantais no texto para estabelecer efeitos sonoros. É muito utilizada em textos versificados, mas também em textos em prosa.

4.2.1.1. Ex: A brisa do Brasil beija e balança