Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
CONJUNÇÃO por Mind Map: CONJUNÇÃO

1. Conjunção é uma classe de palavras que servem para fazer ligação entre elementos de uma sentença, sejam termos de uma mesma oração ou orações de um mesmo período .Servem de ponte entre esses elementos.

1.1. Conjunções Coordenativas

1.1.1. 1.Conjunções Aditivas

1.1.1.1. Essas conjunções exprimem soma, adição de pensamentos, são responsáveis pela união entre duas ou mais orações, com a intenção de exprimir ideia de acréscimo ou adição de uma informação.

1.1.1.1.1. Exemplo: Carla não fala nem ouve.

1.1.2. 2. Conjunções Adversativas

1.1.2.1. Exprimem oposição, contraste, compensação de pensamentos: mas, porém, contudo, ainda, assim, senão, entretanto, no entanto, todavia.

1.1.2.1.1. Exemplo: Nós não fomos campeões, porém exibimos o melhor futebol.

1.1.3. 3. Conjunções Alternativas

1.1.3.1. São responsáveis por unir duas ou mais orações, com a intenção de exprimir ideia de fechamento. Exemplos: por isso, por isto, logo, portanto, entretanto, assim, por conseguinte, pois, por consequência, etc.

1.1.3.1.1. Exemplo: Ou você vem conosco ou você não vai.

1.1.4. 4. Conjunções Conclusivas

1.1.4.1. Exprimem conclusão de pensamento. Ligam duas orações em que a segunda oração expressa a conclusão da ideia iniciada na primeira oração. As principais conjunções conclusivas são: então, logo, por isso, pois (quando vem depois do verbo), portanto, por conseguinte, assim.

1.1.4.1.1. Exemplo: Chove bastante, portanto a colheita está garantida.

1.1.5. 5. Conjunções Explicativas

1.1.5.1. Exprimem razão, motivo,sua principal função é relacionar duas orações, com uma explicando a informação contida na outra.

1.1.5.1.1. Exemplo: que, porque, assim, pois (quando vem antes do verbo), porquanto, por conseguinte.

1.2. Conjunções Subordinadas

1.2.1. 1. Conjunções Integrantes

1.2.1.1. Introduzem orações subordinadas com função substantiva: que, se. Conjunções utilizadas para introduzir a oração que atua como sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo, complemento nominal ou o oposto de outra oração.

1.2.1.1.1. Exemplo: Quero que você volte já.

1.2.2. 2. Conjunções Causais

1.2.2.1. Introduzem orações subordinadas que dão ideia de causa: Porque, pois, porquanto, como (no sentido de porque), pois que, por isso que, á que, uma vez que, visto que, visto como, que.

1.2.2.1.1. Exemplo: Não fui à aula porque choveu. Como fiquei doente não pude ir à aula.

1.2.3. 3. Conjunções Comparativas

1.2.3.1. Introduzem orações subordinadas, que dão ideia de comparação: que, do que, como...

1.2.3.1.1. Exemplo: Meu professor é mais inteligente do que o seu.

1.2.4. 4. Conjunções Concessivas

1.2.4.1. Iniciam orações subordinadas que exprimem um fato contrário ao da oração principal, mas incapaz de impedi-la: embora, ainda que, mesmo que, se bem que, posto que, apesar de que, por mais que, por melhor que.

1.2.4.1.1. Exemplo: Vou à praia, embora esteja chovendo.

1.2.5. 5. Conjunções Condicionais

1.2.5.1. Iniciam orações subordinadas que exprimem hipótese ou condição para que o fato da oração principal se realize ou não: caso, contanto que, salvo se, desde que, a não ser que.

1.2.5.1.1. Exemplo: Se não chover, irei à praia.

1.2.6. 6. Conjunções Conformativas

1.2.6.1. Iniciam orações subordinadas que exprimem acordo, concordância de um fato com outro: segundo, como, conforme.

1.2.6.1.1. Exemplo: Cada um colhe conforme semeia.

1.2.7. 7. Conjunções Consecutivas

1.2.7.1. Iniciam orações subordinadas que exprimem a consequência ou o efeito do que se declara na oração principal: que, de forma que, de modo que, de maneira que.

1.2.7.1.1. Exemplo: Foi tamanho o susto que ela desmaiou.

1.2.8. 8. Conjunções Temporais

1.2.8.1. Iniciam orações subordinadas que dão ideia de tempo: logo que, antes que, quando, assim que, sempre que.

1.2.8.1.1. Exemplo: Quando as férias chegarem, viajaremos.

1.2.9. 9. Conjunções Finais

1.2.9.1. Iniciam orações subordinadas que exprimem uma finalidade: a fim de que, para que.

1.2.9.1.1. Exemplo: Estamos aqui para que ele fique tranquilo.

1.2.10. 10. Conjunções Proporcionais

1.2.10.1. Iniciam orações subordinadas que exprimem concomitância, simultaneidade: à medida que, à proporção que, ao passo que, quanto mais, quanto menos, quanto menor, quanto melhor.

1.2.10.1.1. Exemplo: Quanto mais trabalho, menos recebo