Mecanismos de ação dos HERBICIDAS

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Mecanismos de ação dos HERBICIDAS por Mind Map: Mecanismos de ação dos HERBICIDAS

1. Inibidores de ACCase

1.1. Acetil Co-A Carboxilase

1.1.1. Destrói meristemas de gramíneas

1.1.2. Seletivo para folhas largas e ciperáceas

1.1.2.1. Ex. Tiririca Cyperus spp

1.1.3. Penetração via foliar

1.2. Impede a produção de Malonil CoA

1.2.1. Impede síntese de Fosfolpídios

1.2.1.1. Constituinte de membranas

1.3. Atua no Cloroplasto

1.4. Pós-emergente

1.4.1. Sistêmico

2. Inibidores de ALS

2.1. Acetolactato sintase

2.2. AHAS

2.2.1. Baixa atividade no solo ou nula

2.2.2. Acetohidroxibutirato sintase

2.2.3. 9

2.3. Inibe a síntese de aminoácidos de cadeia ramificada

2.3.1. Leucina e Valina

2.4. Seletividade por detoxificação

2.4.1. degradados através de oxirredução, hidrólise e conjugação

2.5. Pós-emergência

2.6. Sistêmicos

2.7. Efeito Residual

3. Inibidores de Fotossistemas I e II

3.1. FSII

3.1.1. P680

3.1.2. Inibe Plastoquinona B

3.1.2.1. Não forma

3.1.2.1.1. ATP

3.1.2.1.2. NADPH

3.1.3. Elétrons geram radicais livres

3.1.3.1. Danos na membrana do tilacóide

3.2. Inibem ou desviam o fluxo de elétrons

3.3. Inibe fotossíntese

3.4. Causa danos na membrana do tilacóide

3.5. Necessita de luz para ação

3.6. Pós-emergentes

3.6.1. Contato

3.7. Pré-emergentes

3.7.1. Com residual

3.8. FSI

3.8.1. Desviam fluxo de elétrons

3.8.2. Capturam elétrons próximo a Ferredoxina do P700

3.8.3. Não seletivos

3.8.4. Não forma

3.8.4.1. NADPH

4. Inibidores da PROTOX ou PPO

4.1. Protoporfirinogênio Oxidase

4.2. Acúmulo

4.2.1. Protoporfirinogênio IX

4.2.1.1. Prescursor da Clorofila

4.3. Peroxidação de lipídeos

4.3.1. Destruição de membranas

4.4. Pós-emergentes

4.4.1. Contato

4.5. Pré-emergentes

4.5.1. Contato

4.6. Muitos com residual

5. Inibidores de Síntese de Carotenos