USO CONSCIENTE DE ANIMAIS EM EXPERIMENTOS.

MAPA PARA ESTUDO SOBRE BEM ESTAR ANIMAL

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
USO CONSCIENTE DE ANIMAIS EM EXPERIMENTOS. por Mind Map: USO CONSCIENTE DE ANIMAIS EM EXPERIMENTOS.

1. Orgão fiscalizador

1.1. O Instituto Nacional de Câncer está credenciado no CONCEA (Conselho Nacional de Controle da Experimentação Animal), órgão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações desde 2014, e possui Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA-INCA) instituída desde 2012.

1.1.1. Critérios para aprovação dos projetos>>>garantir que o bem-estar dos animais seja sempre considerado; uso de métodos alternativos que substituam o uso ou reduzam o número de animais em pesquisa;protocolos sem comprometer a qualidade dos resultados a serem obtidos;refinar métodos a fim de evitar a dor nos animais utilizados em atividades de pesquisa.

2. BIOGRAFIA:

3. Conceito: Os animais de laboratório ou modelos biológicos são aqueles utilizados com o intuito de alcançar analogia dos resultados experimentais que seriam transferidos para os homens e outros animais.

4. 3R

4.1. Primeiro “R”, reduzir (reduction): redução ao mínimo possível do número de cobaias animais utilizadas no experimento para conseguir resultados estatisticamente significativos.

4.2. Segundo “R”, refinar (refinement): melhoria das técnicas empregadas para evitar, ao máximo, qualquer sofrimento desnecessário aos animais, melhorando o ambiente de cativeiro e minimizando o desconforto e a dor.

4.3. O terceiro “R”, substituir (replacement): substituição, sempre que possível do modelo animal vertebrado vivo e, portanto, senciente, por outros modelos alternativos de experimentação.

5. Animais de laboratÛrio. DISPONÍVEL EM: https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/handle/icict/13405/Conceitos%20e%20Metodos%20V1_Animais%20de%20Laboratorio.pdf;jsessionid=node017hj4hx529r371vshqnsqfxx3i116000.node0?sequence=2

5.1. .

6. TRÉZ, T. A. Etologia Aplicada e Bem-estar Animal. Considerações sobre o conceito dos 3Rs e o potencial conflito com novas compreensões do animal experimental Disponível em:https://mail.google.com/mail/u/0/?tab=km#inbox?projector=1 acesso em 31 de agiosto dee 2022. Revista Brasileira de Zoociências (ufjf.br)

7. Biotérios

7.1. É destinado à criação, manutenção, ao alojamento e à monitoração animal. É dividido em seis áreas: área de criação e produção; área de quarentena; área de experimentação animal, a qual possui também um laboratório multiusuário; laboratório de criopreservação de embriões; laboratório de biossegurança nível 3 (NB-3); e laboratório de cirurgia experimental.

8. BEM ESTAR ANIMAL - INEZ MOTTA_AVA 1_EXERC 2 MAT 20214301275 UVA CF

9. CONFLITOS

9.1. Para alcançar altos níveis de produção, a bovinocultura, avicultura,assim como a suinocultura, se baseiam no mesmo modelo de confinamento e sistema de manejo Todos Dentro-Todos Fora. As tecnologias e práticas adotadas buscam integrar genética, nutrição e manejo.Esse modelo tecnificado e de intensificação da produção gera diversos conflitos frente a opinião pública quanto ao bem-estar dos animais.

10. Ambientes

10.1. Temperatura

10.1.1. A temperatura ideal para quase todas as espécies de animais em biotérios é de 21° C (±3).

10.2. Ciclos claro e escuro

10.2.1. Deve haver um período de adaptação gradual às mudanças de iluminação.

10.3. Umidade

10.3.1. A maioria dos animais tolera bem a faixa entre 40 e 60% de umidade relativa do ar, começando a ter problemas quando esta chega a 30% ou quando é superior a 70%.

11. Instituto Nacional de Câncer - INCA. DISPONÍVEL EM :https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/pesquisa/plataformas-multiusuario/bioterio ACEESSO EM 22 DE AGOSTO DE 2022