Desenvolvimento do Sistema Nervoso

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Desenvolvimento do Sistema Nervoso por Mind Map: Desenvolvimento do Sistema Nervoso

1. Composição do Neurônio

1.1. Dendritos

1.1.1. ramificações presentes no corpo celular que recebem os impulsos nervosos

1.2. Corpo celular

1.2.1. Região onde se encontra o núcleo, na qual se encontra o citoplasma.

1.3. Axônio

1.3.1. Prolongamento do neurônio por onde os impulsos nervosos são levados a outro tipo de célula. A transmissão desse impulso ocorre na porção final do axônio, denominado de telodendro, por meio dos bulbos terminais, onde se encontram mensageiros químicos.

1.3.2. Muitos axônios são envoltos por células que formam uma estrutura denominada estrato mielínico ou bainha de mielina. Dois tipos de células podem formar a bainha: os oligodendrócitos e as células de Schwann.

2. Formação do Sistema Nervoso

2.1. 1° dia

2.2. Formação do Zigoto

2.3. 2° dia

2.4. Mórula

2.5. 1° Semana

2.6. Blastocele e Blástula

2.7. Fim da Primeira Semana

2.8. Blastocisto

2.9. 2° Semana

2.10. Cavidade Aminiótica

2.11. 3° Semana

2.12. Mesoderme

3. 2ª e 3ª Semana

3.1. Camadas celulares germinativas

3.1.1. • Endoderme

3.1.2. • Mesoderme

3.1.3. • Ectoderme (pele e sistema nervoso)

3.2. Processo de Neurulação

3.2.1. A plana neural se dobra para formar o tubo neural

4. 3ª e 4ª Semana

4.1. As bordas do sulco neural formam as cristas neurais

4.2. E então o tubo neural forma o sistema nervoso central e as cristas neurais formam o sistema nervoso periférico.

4.3. A região caudal do tubo neural forma o encéfalo e a região rostral forma o encéfalo.

5. 1° mês de gestação

5.1. Após o fechamento do tubo neural, a extremidade cranial se dilata e forma três vesículas encefálicas primitivas:

5.2. • Prosencéfalo

5.3. • Mesencéfalo

5.4. • Rombencéfalo

5.5. O espaço dentro das vesículas dá origem aos ventrículos cerebrais e os canais de comunicação entre eles.

6. 2° mês de gestação

6.1. As vesículas subdividem-se em 5:

6.1.1. A vesícula telencefálica cresce mais que as demais para frente e para os lados e forma os hemisférios cerebrais e os núcleos da base

6.1.2. O diencéfalo e mesencéfalo são cobertos pelos hemisférios cerebrais

6.1.3. A vesícula metencefálica dá origem ao cerebelo e a ponte

6.1.4. O bulbo por sua vez, é formada pela vesícula mielencefálica

6.2. • Prosencéfalo

6.3. - Telencéfalo

6.4. - Diencéfalo

6.5. • Mesencéfalo

6.6. • Rombencéfalo

6.7. - Metencéfalo

6.8. - Mielencéfalo

7. 4 à 5 meses de gestação

7.1. O córtex cerebral e do cerebelo são lisos

7.2. Com o passar do tempo o telencéfalo e cerebelo crescem mais rápido que o crânio formando os giros e sulcos corticais.

7.3. A medula cresce numa velocidade menor que as vértebras

7.4. A vértebra L2 corresponde ao limite inferior da medula espinal

8. • Os primeiros sinais bioelétricos dos novos neurônios surgem na 6ªsemana; ainda não existe sinapses

8.1. Na 8ª e 9ª semana ocorrem intensa proliferação e migração ativa de células (o córtex ainda está liso e os hemisférios separados.

8.2. A comissura anterior e o corpo caloso são formadas da 10ª e 12ª semanas

8.3. Logo após a 16ª semana surgem as primeiras sinapses

8.4. Na 32ª semana o feto tem controle automático da respiração e da temperatura l

8.5. 37-42ª semana - nascimento do bebê

9. Mielinização do encéfalo

9.1. Feixes do tronco encefálico- fim da gravidez e primeiros dias de vida

9.2. Feixes diencefálicos e parte posterior do corpo caloso- 1° ao 2° pós-natal

9.3. Parte anterior do corpo caloso - 6° a 8° meses pós-natal

9.4. Substância branca dos hemisférios cerebrais - final do primeiro ano de vida