RepositoriUM

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
RepositoriUM por Mind Map: RepositoriUM

1. Repositório Digital

1.1. Coleções digitais que armazenam, preservam, divulgam e dão acesso à produção intelectual de uma instituição.

1.2. Propósito

1.2.1. Preservar a produção intelectual da instituição

1.2.2. Aumento da visibilidade da produção intelectual da instituição

1.2.3. Contribuir para a livre disseminação da produção cientifica

2. Iniciativa Open Live Acess(Acesso Livre)

2.1. Surge a partir do conflito entre os interesses dos pesquisadores e das revistas cientfícas

2.2. Visa

2.2.1. Criação de revistas com acesso livre, onde os artigos ficam disponíveis sem restrições desde a sua publicação

2.2.2. O auto-arquivo pelos autores dos seus trabalhos em repositórios institucionais livremente acessíveis;

3. Dspace

3.1. Ferramenta open-source para implementação do repositório institucional

3.2. Características

3.2.1. Metadados Dublin Core - Para a descrição dos documentos

3.2.2. OAI-PMH - Para permitir a interoperabilidade(compatibilidade) com outros sistemas

3.2.3. Identificadores persistentes - Permitir a pesquisa e recuperação dos arquivos mesmos num futuro distante.

3.2.4. Workflow - Conjunto de 7 etapas que conduzem o usuário pelo processo de submissão de um artigo.

4. Implementação do RepositóriUM

4.1. 1ª Fase

4.1.1. Instalação da infra-estrutura física e lógica

4.1.2. Tarefas de configuração e personalização da interface/sistema

4.1.3. Tradução da interface gráfica para a língua portuguesa

4.2. 2ª Fase

4.2.1. Carregamento de teses e dissertações

4.3. 3ª Fase

4.3.1. Constituição de Comunidades Piloto

4.4. 4ª Fase

4.4.1. Abertura ao Público

5. Pós-Inauguração

5.1. Promover a utilização do sistema

5.1.1. Apelo generalizado às unidades orgânicas da Universidade do Minho

5.1.2. Realização de sessão de apresentação do RepositóriUM a universidade do UMINHO

5.1.3. Obrigatoriedade das teses e dissertações serem entregues em formato digital e, salvo recusa, depositadas no RepositóriUM.

5.2. O primeiro ano de funcionamento

5.2.1. Bons índices de utilização do sistema

5.2.2. Impacto imediato na comunidade acadêmica e público em geral

5.2.3. Problemas

5.2.3.1. O número de documentos não correspondem as expectativas.

5.2.3.2. O número de documentos depositados por auto-arquivo dos autores foi muito pequeno.

5.2.4. Soluções

5.2.4.1. Uma boa estratégia de divulgação e promoção do repositório.

5.2.4.2. Criação de serviços que estimulem o auto-arquivo gerando vantagens aos autores.

5.2.4.3. Adoção formal de políticas que premiem ou tornem obrigatório o depósito da produção científica nos repositórios institucionais ou outros sistemas de acesso livre acesso.