BABrazil 2015

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
BABrazil 2015 por Mind Map: BABrazil 2015

1. Entrega de Valor

1.1. Framework p/Entrega de Valor

1.1.1. Técnicas

1.1.1.1. Stakeholders

1.1.1.1.1. Captar Necessidade dos Clientes

1.1.1.2. Missão

1.1.1.3. Visão

1.1.1.4. Indicadores

1.1.1.4.1. Tipos

1.1.1.4.2. Subtipos

1.1.2. Referências Bibliográficas

1.1.2.1. Roger Burlton

1.1.2.1.1. Hexagono

1.1.2.2. Paul Harmon

1.1.3. Insights

1.1.3.1. Meta = Contribuição p/ Negócio

1.1.3.2. Subjetivo, arbitrário, pessoal

1.1.3.3. Necessidade > Expectativa

1.2. MVP

1.2.1. Técnicas

1.2.1.1. Visão do Produto

1.2.1.1.1. Spotfy_MVP

1.2.1.1.2. Elevator Pitch

1.2.1.1.3. Business Canvas

1.2.1.2. Testar Hipóteses

1.2.1.2.1. Nivelamento de Funcionalidades

1.2.1.2.2. Construir a Coisa Certa

1.2.1.2.3. Implantar um Item e Ver se Alguem Clica

1.2.1.3. Inceptions

1.2.1.3.1. Atores

1.2.1.3.2. Colaborativo

1.2.2. Referências Bibliográficas

1.2.2.1. Direto ao Ponto

1.3. Elicitação

1.3.1. Técnicas

1.3.1.1. Simular o Uso do Produto

1.3.1.2. Questionar e Questionar

1.3.1.3. Descobrir e Evitar o "Jáque"

1.3.1.4. Observação de Campo

1.3.1.5. Design Thinking

1.3.1.6. TBC

1.3.2. Objetivo

1.3.2.1. Garantir que atende a Necessidade

1.3.2.2. Propor a Melhor Solução

1.3.2.2.1. Riscos

1.3.2.2.2. Restrições

1.3.2.2.3. Premissas

1.3.2.3. Entender a Real Necessidade do Cliente

1.3.3. Insights

1.3.3.1. Relatórios

1.3.3.2. Características do AN

1.3.3.2.1. Inovador

1.3.3.2.2. Questionador

1.3.3.2.3. Curioso

1.3.3.2.4. Criativo

1.3.3.2.5. Resiliente

1.3.3.2.6. Entusiasmo

1.3.3.2.7. Persistente

1.3.3.2.8. Inconformado

1.3.3.2.9. Flexivel

1.3.3.2.10. Compaixao

1.3.3.3. "Questione as Iniciativas que Chegam Até Você"

1.4. Priorização de Backlog

1.4.1. Insights

1.4.1.1. Thundercats

1.4.1.2. Capital Político

1.4.1.3. Gestão do Conhecimento

1.4.2. Técnicas

1.4.2.1. ROI

1.4.2.2. Mapa de Conceitos

1.4.2.3. 3Cs

1.4.2.3.1. Cartão

1.4.2.3.2. Conversação

1.4.2.3.3. Confirmação

1.4.2.4. Artefatos

1.4.2.4.1. Release Burndown

1.4.2.4.2. PBL

1.4.2.4.3. Roadmap

1.4.2.4.4. Visão do Produto

1.4.2.5. Spike / POC

1.4.2.6. Duo Track Scrum

1.4.2.6.1. Valor

1.4.2.6.2. Discovery

1.4.3. PO

1.4.3.1. Características

1.4.3.1.1. Facilitador

1.4.3.1.2. Conciliador

1.4.3.1.3. Convergir Stakeholders p/ Objetivo

1.4.3.2. 1 por Produto

1.4.3.3. Gerencia Orçamento

1.4.3.4. BackLog

1.4.3.4.1. Ordenado

1.4.3.4.2. Priorizado

1.4.3.5. 7 / 8 Sprints a Frente do Time

2. Análise Estratégica

2.1. BaBok

2.1.1. Onde Estou?

2.1.1.1. Indicadores

2.1.1.1.1. Propostas

2.1.1.1.2. Contratos

2.1.1.1.3. Visitas

2.1.2. Riscos

2.1.3. Para Onde Vou?

2.1.3.1. Visáo da Empresa

2.1.3.2. Missão da Empresa

2.1.3.3. Captar Necessidade dos Clientes

2.1.3.4. Necessidade > Expectativa

2.1.3.5. Eficiência

2.1.3.6. Eficaz

2.2. Técnicas

2.2.1. 5 Forças Competitivas

2.2.2. Enfoque (Estratégias Competitivas)

2.2.3. Prahalad

2.2.3.1. Posição no Mercado

2.2.3.2. Competências Essenciais

2.2.4. Análise SWOT

2.2.5. Slack

2.3. Referências Bibliográficas

2.3.1. Henderson, 1989

2.3.2. Roger Burlton (Hexagono)

2.3.3. Paul Harmon

2.3.4. Prahalad

2.3.5. Porter, 1996

3. Ágil

3.1. Kanban

3.1.1. Insights

3.1.1.1. Qto + Maduro, < o WIP

3.1.1.2. Política Explícita de Urgência

3.1.1.3. Custo de Oportunidade x Custo de Delay

3.1.2. Material

3.1.2.1. Palestra/Slides

3.1.2.2. Empresas Aplicadas: OPPA e MAPS.BR

3.1.2.3. Vídeo 5min

3.1.3. Técnicas

3.1.3.1. Workshop de Requisitos (Pós-Daily)

3.1.3.2. Forcast Probabilistico

3.1.3.3. Reuniões Aplicáveis

3.1.3.3.1. Strategy Review

3.1.3.3.2. Service Delivery Review (Kanban Portifólio)

3.1.3.3.3. O.P Review

3.1.3.3.4. Replanishing (Capacidade)

3.1.3.3.5. Daily

3.1.3.4. Reservar Capacidade

3.2. Escalando Ágil

3.2.1. Técnicas

3.2.1.1. RAB

3.2.1.2. Demo.Day

3.2.1.3. Program Board

3.2.1.4. Gamefication

3.2.1.5. Fishbone

3.2.1.6. OKR

3.2.1.6.1. Direcionador

3.2.1.6.2. Objetivo

3.2.2. Insights

3.2.2.1. Vários times p/ o Mesmo Caminho

3.2.2.2. Interoperabilidade

3.2.2.3. Combinação de Ferramentas Ágeis

3.2.2.4. Discussão sobre os Problemas da Empresa

3.2.2.5. Sem Medo de Errar

3.2.2.6. Fractal

3.2.2.7. Errar mais Rápido

3.2.3. Modelos

3.2.3.1. Spotify

3.2.3.2. SAFe

3.2.3.3. LeSS

3.2.3.4. Nexus

3.2.3.5. Prince 2

3.2.3.6. DAD

4. Desing de Complexidade

4.1. Economia Compartilhada

4.1.1. Como Construir Novos Comportamentos?

4.1.2. Escassez x Abundância

4.2. Técnicas

4.2.1. Segunda Natureza

4.2.2. Inteligência Cega

4.2.3. Sistema TRUST

4.2.4. HCD - Toolkit

4.2.5. U

4.3. Insights

4.3.1. Teoria da Complexidade

4.3.2. Era da Curadoria

4.3.3. Gestão

4.3.3.1. Fuzzy Goal

4.3.3.1.1. Velejar

4.4. Referências Bibliográficas

4.4.1. Dan Elle

4.4.2. Human Centered Design

4.4.3. IDEO

4.4.4. Tim Brown

4.4.5. Edgar Morin

4.4.6. Mário Sérgio Cortella

5. Keynote Speakers

5.1. Ricardo Senne

5.1.1. Modelo

5.1.1.1. Conhecer o Mercado

5.1.1.2. Criar um Modelo

5.1.1.3. Variáveis Críticas para o Sucesso

5.1.1.4. Efeitos da Variação

5.1.1.5. Seleção de Variáveis

5.1.2. Insights

5.1.2.1. A Crise é de confiança

5.2. Pondé

5.2.1. Insights

5.2.1.1. Hipocrisia

5.2.1.1.1. Marketing Pessoal

5.2.1.2. Ética = Moral

5.2.1.3. Prazer x Propósito

5.2.1.4. Virtude é Silênciosa

5.2.1.5. Acontece na Contigência

5.2.2. Referências Bibliográficas

5.2.2.1. Adam Smith

5.2.2.1.1. A Riqueza das Nações