Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Jojo CMS por Mind Map: Jojo CMS

1. Historia

1.1. Desenvolvido inicialmente como um cms php sem nome nos anos 2000

1.1.1. Para pequenos websites de empresas

1.1.1.1. Com database customizada

1.1.2. Sem nome, conhecido por "your admin section"

1.2. Primeiro nome em 2005 - Alexandria

1.2.1. Inclusão do uso de SEO para a próxima versão (JoJo)

1.2.1.1. SEO: Search Engine Optimization

1.2.2. Criado o primeiro Web Site

1.3. 2006 tinha mais de 50 sites rodando o Jojo

1.3.1. Todos bem diferentes

1.3.2. Apos isso foi resolvido virar open-source

1.4. Desenvolvido por um time pequeno com início em 2006

1.4.1. 6 profissionais inicialmente, hoje apenas 3

1.4.1.1. Harvey Kane

1.4.1.2. Tom Dale

1.4.1.3. Antony Spalding

1.4.1.4. Mike Cochrane

1.4.1.5. Mike Holt

1.4.1.6. Melanie Schulz

1.4.2. Uso de PHP e CSS

1.4.3. Tem a licença Lesser General Public License que garante o uso gratuito

1.5. Versões

1.5.1. Atualmente 4.1

1.5.2. Versão anterior: 1.4

1.5.2.1. Mudanças tão grandes que fazia mais sentido virar versão 4

2. Características técnicas

2.1. Estratégia de cache

2.1.1. Cache de HTML

2.1.2. Cache de CSS/Java

2.1.3. Cache de imagens

2.1.4. Diminui o custo de CPU onde o CMS está hospedado

2.1.5. Feito em todas as páginas

2.1.5.1. Habilidade de desabilitar essa função em páginas específicas

2.2. Segurança

2.2.1. Existencia de usuários e grupos

2.2.1.1. controle de acesso de usuários e de grupos

2.2.1.2. Um usuário pode ser definido em mais de um grupo

2.2.1.3. Acesso específico para cada recurso do site (página, artigo, etc)

2.2.2. Guia de instalação com passos para evitar acesso de escrita no root

2.2.3. Uso de CAPTCHA para evitar spams

2.2.3.1. 3 caracteres não case sensitive

2.2.4. Controle de "injeção" de emails

2.2.4.1. Técnica de spam a partir do formulário de contato

2.2.4.2. Todos os formulários enviados de um site JoJo são analisados para identificar spam

2.2.4.3. Controle por blacklist

2.3. Editores de CMS permitidos

2.3.1. WYSIWYG

2.3.1.1. Mais usado em CMS's

2.3.1.1.1. Fácil aprendizado e uso

2.3.1.1.2. Ferramenta poderosa com muitos recursos

2.3.1.1.3. Mais familiar para a maioria dos usuários

2.3.2. BBCode

2.3.2.1. utiliza das tags para formatar ou adicionar efeitos nas mensagens (posts) em fóruns.

2.3.2.2. simplicidade do código facilitando novos usuários a usar os código de modo mais fácil

3. Dados de Adoção

3.1. Não possui informações no site

3.2. Baseado em links postado no fórum oficial

3.2.1. Maioria dos links de sites da Nova Zelândia

3.2.2. Utilizado em diversos tipos de sites

3.2.2.1. Sites simples

3.2.2.2. Sites de negócios locais

3.2.2.2.1. Por exemplo academia e hoteis

4. Desenvolvimento do sistema

4.1. Sistema puro