Estudos históricos em educação II

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Estudos históricos em educação II por Mind Map: Estudos históricos em educação II

1. Disputa que se perdurou por várias reformas, mas que não se preocupavam com a solução dos problemas educacionais, como o alto índice de analfabetismo

2. O forte cunho religioso dos portugueses e a presença de movimentos protestantes que surgiram na Europa, deu origem a Ordem de Jesus. Que tinha como objetivo uma pedagogia de conversão aplicada nas Américas e principalmente voltada aos índios.

2.1. Conversão por meio da catequese e ensino da leitura e escrita.

3. Ensino jesuítico

3.1. Chegaram no Brasil por volta de 1549 - período colonial brasileiro. Os jesuítas e os portugueses tiveram papel fundamental para a formação da sociedade brasileira.

4. Período Pombalino

4.1. Corresponde ao período que Marques de Pombal foi ministro em Portugal. Suas ações tem repercussão na educação brasileira da época

4.1.1. Escolas régias leigas

4.1.1.1. Ensino autoritário e enciclopédico, pedagogia que não estimula a criatividade. Os professores se mantiveram os mesmo da época jesuítica por um longo período

4.2. Decreto que suspende as atividades da Companhia de Jesus em 1759. Dando fim a educação jesuítica.

5. Primeira republica

5.1. Período de 1889 a 1930

5.2. Várias propostas educacionais inovadoras. As reformas propostas não solucionaram a defasagem na educação, o que acaba mantendo a educação estagnada com poucas mudanças.

5.2.1. Filosofia positivista atuando influenciando a educação

6. Era vargas

6.1. Período de 1930 a 1945 - Governo contínuo de Getúlio Vargas

6.2. Igreja católica X Escola Nova

6.3. Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, de 1932

6.3.1. Criação das universidades como seleção dos melhores

6.3.1.1. UFRJ (1932) USP (1934)

6.4. Reforma Capanema (1937 - 1945)

6.4.1. - Mantinha a educação de caráter Elitista do ensino secundário - Educação técnico profissionalizante

6.4.1.1. Ideais advindos do Manisfesto:  a) gratuidade e obrigatoriedade do ensino primário b) planejamento educacional; c) recursos para o ensino primário (Fundo Nacional do Ensino Primário) estipulando a contribuição dos Estados, Distrito Federal e dos municípios; d) referências à carreira, remuneração, formação e normas para preenchimento de cargos do Magistério e na administração.

6.5. 1937

6.5.1. - UNE: União Nacional de Estudantes (participou ativamente contra a ditadura militar) - INEP: Instituto Nacional de Pedagogia.

7. 1961 - LDB

8. 1950 - Instituições de fomento a pesquisa

8.1. -Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) vinculado ao Ministério de Ciência e Tecnologia, com a função de fomentar o desenvolvimento científico e tecnológico no País. -Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)

9. 1960 - Taxa de analfabetismo que girava em torno de 40% (ineficiência das reforma e proposta até então)

9.1. A reflexão acerca desse dado (qual cenário educacional permite uma taxa tão elevada?)