Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Petróleo por Mind Map: Petróleo

1. Meio Ambiente

1.1. Acidentes ambientais e riscos a biodiversidade

1.1.1. Diversidade

1.1.1.1. Percepção individual

1.1.1.2. Valor

1.1.1.2.1. Ecológico

1.1.1.2.2. genético

1.1.1.2.3. social

1.1.1.2.4. econômico

1.1.1.2.5. científico

1.1.1.2.6. educacional

1.1.1.2.7. cultural

1.1.1.2.8. recreativo

1.1.1.2.9. estético

1.1.2. Economia

1.1.2.1. Valores diretos

1.1.2.1.1. Lenha, peixe, carvão..

1.1.2.2. Valores indiretos

1.1.2.2.1. controle climático

1.1.2.2.2. produtividade de ecossitemas

1.1.2.3. Valor de existência

1.1.2.3.1. Manutenção da beleza natural

1.2. Biomas brasileiros

1.2.1. Amazônia

1.2.2. Ambientes costeiros e marinhos

1.2.3. Caatinga

1.2.4. Campos sulinos

1.2.5. Mata atlântica

1.2.6. Pantanal

1.2.7. Cerrado

1.3. Biodiversidade

1.3.1. riqueza de espécies

1.3.2. Diversidade genética

1.3.3. Diversidade de espécies

1.3.4. Diversidade de ecossitemas

1.3.5. Medição da biodiversidade

1.3.6. Riscos a biodiversidade

1.3.7. Diversidade alfa

1.3.7.1. Riqueza de espécies de uma comunidade

1.3.8. Diversidade beta

1.3.8.1. Diversidade entre hábitats

1.3.9. Diversidade gama

1.3.9.1. Diversidade de uma grande área (regional, bioma, continente)

1.3.10. Diversidade biológica

1.3.10.1. Razão espécies|área ou espécie número de indivíduos

1.3.10.1.1. Riqueza de espécies ou densidade de espécies

1.3.11. Uniformidade ou equitabilidade

1.3.11.1. Repartição dos indivíduos entre as espécies

1.3.12. Distribuição de abundância

1.3.12.1. log-normal

1.3.12.2. log-série

1.3.12.3. Série-geométrica

1.3.12.4. vara quebrada (broken stick model)

1.3.13. Índices de diversidade

1.3.13.1. Riqueza de espécies

1.3.13.2. Simpson

1.3.13.2.1. Peso maior para espécies comuns

1.3.13.3. Shannon

1.3.13.3.1. Peso maior para espécies raras

1.3.13.4. Uniformidade de Pielou

1.3.13.5. Margalef

1.3.13.6. Macintosh

1.3.13.7. Brillouin

1.3.14. Estimadores de riqueza

1.3.14.1. Medição e avaliação de espécies ao longo do tempo, permitindo relacionar estas alterações ás ameaças a biodiversidade

1.3.15. Ameaças a biodiversidade

1.3.15.1. Extinção de espécies e comunidades

1.3.15.2. Destruição

1.3.15.3. Fragmentação

1.3.15.4. poluição de habitat

1.3.15.5. superexploração

1.3.15.6. introdução de espécies exóticas

1.3.15.7. dispersão de doenças

1.3.16. Riscos à biodiversidade

1.3.16.1. Derramamento de hidrocarbonetos

1.3.16.2. Bioacumulação ou biomagnificação

1.3.16.3. Presença de substâncias carcinogênicas

1.3.16.4. Efeitos indiretos subletais(morte ecológica)

1.3.16.4.1. organismo não consegue efetuar suas funções no ecossistema

1.3.16.5. Fatores que influenciam no tipo de dano

1.3.16.5.1. tipo do hidrocarboneto derrramado

1.3.16.5.2. Persistência do hidrocarboneto

1.3.16.5.3. condições climáticas

1.3.16.5.4. Existência de um plano de contingênciamento

1.3.16.5.5. Cartas de sensibilidade ambiental para derramamento de óleo

1.3.17. Níveis de organização dos seres vivos

1.3.17.1. subcelular

1.3.17.2. celular

1.3.17.3. populacional

1.3.17.4. ecossistêmico

1.3.17.5. Impactos em níveis inferiores podem impactar níveis superiores

1.3.17.5.1. Redução da biodiversidade

1.3.17.5.2. deterioração do patrimônio genético

1.3.17.5.3. Esquema de Underwood e Peterson

1.4. Risco

1.4.1. Ameaça direta

1.5. Perigo

1.5.1. probabilidade de acontecimento

1.6. Incidente

1.6.1. Evento de menor impacto e maior frequência

1.7. Acidente

1.7.1. Evento de maior impacto e menor frequência

1.8. Riscos aos manguezais

1.9. Riscos aos Recifes de corais

2. Energia

2.1. Hidráulica

2.2. Nuclear

2.3. Fontes alternativas

2.4. Energia eólica

2.5. Energia solar

2.6. Biodiesel

3. Fontes de energia

4. Carvão

5. Gás natural

6. Gás de folhelho

7. Industria do petróleo no Brasil e no Mundo

8. Gás

9. Reforma e Contrarreforma

9.1. Contexto Mundial do Petróleo

9.2. Acidente de Macondo

9.3. União e a concentração de recursos

9.4. Perdas das regiões produtoras

10. Marco regulatório

10.1. A lei do petróleo

10.1.1. Destinação de recursos para meio ambiente, ciência e tecnologia

10.1.2. Aumento da tributação

10.1.3. Maior parcela e estados e municípios

10.1.4. Prioridade a estado e municípios produtores

11. Participação dos governos a experiência internacional

11.1. Sistema de tributos

11.2. Sistema de partilha

11.3. Descentralização plena

11.3.1. Arrecadação das participações governamentais

11.4. Centralização Plena

11.4.1. Monopólios

11.5. Base de tributação

11.6. Repartição federativa das receitas

12. Década de 50 e 60

12.1. Países com riqueza de recursos

12.1.1. Queda no crescimento

12.2. Países com poucos recursos

12.2.1. Forte crescimento

13. O enigma do crescimento normal

14. Crescimento

14.1. Falta de democracia

14.2. O problema da volatilidade

15. Década de 70

16. Década de 90

16.1. Perda de renda (corrupção, fraudes...)

17. A riqueza do petróleo e o desenvolvimento das nações

18. A seleção dos governantes

18.1. O papel dos cidadãos

19. Mercado de crédito

20. Oriente Médio

21. A maldição do Petróleo

21.1. Gênero

21.2. Democracia

21.3. Autocracia

21.4. Ditaduras

21.5. Processo de Kimberley

22. Histórico

22.1. A fase inicial

22.2. A criação da Petrobrás e o monopólio

22.3. Lei 2.004|53

22.4. A crise

22.5. A quebra do monopólio

22.6. O modelo de concessão

22.7. Government Take

22.7.1. Bônus de assinatura

22.7.2. Royalties

22.7.3. Participação especial

22.7.3.1. Máximo de 40% da receita bruta da produção

22.7.4. Ocupação ou retenção de área

23. O regime aduaneiro especial-REPETRO

23.1. Redução de custos para empresas

24. Licitações em blocos

25. PRÉ-sal e o novo marco regulatório

25.1. Pré-sal

25.2. Tupi e o Lula

25.3. Novo marco regulatório

25.3.1. Licitação sob o modelo de partilha

26. A Petrobras

26.1. Cadeia de fornecedores

26.2. A fase inicial

26.3. A expansão e criação de subsidiárias

26.4. Petrobras Hoje

26.5. Plano de negócios do Sistema Petrobras

26.6. Atuação no país

26.7. Atuação no exterior

26.8. Exploração e produção

27. A reforma do setor de petróleo em 1997

27.1. Lei do petróleo

27.1.1. Conselho nacional de política energética

27.2. Licenciamento ambiental

27.2.1. Resolução 23 CONAMA|94

27.2.1.1. Perfuração de poços para identificação das jazidas

27.2.1.2. Produção para pesquisa sobre viabilidade econômica

27.2.1.3. produção efetiva para fins comerciais

27.2.2. Plano Nacional de Contingência