Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
MINERAIS por Mind Map: MINERAIS

1. AUMENTO DO NÍVEL DE CÁLCIO NO SANGUE

1.1. FEBRE DO LEITE DOENÇA METABÓLICA, QUE ACONTECE NA PRIMEIRA SEMANA PÓS-PARTO

2. Selênio (Se)

2.1. Vitamina E

2.1.1. Funcionamento muscular e esquelético

2.2. Concentração plasmática

2.2.1. Mensuração por Espectofometria de absorção atômica

2.2.2. Atividade da Glutationa peroxidase

2.3. Diminuição

2.3.1. White Muscle Disease em bezerros

3. Cobalto (Co)

3.1. Intoxicação rara (100x o exigido)

3.2. Metabolismo da vitamina B12

3.2.1. Ruminantes absorvem das bactérias ruminais

3.2.1.1. Necessário para a síntese da B12

3.2.2. Recebida na dieta em monogástricos

3.3. Perda de peso

3.4. Diminuição

3.4.1. Difícil mensuração

3.4.2. Anemia

3.4.2.1. Atraso no desenvolvimento

4. Cobre (Cu)

4.1. Normal: 15-30µmol/L

4.2. Hipercupremia - Intoxicação por Cobre

4.2.1. Ruminantes (Intoxicação)

4.2.2. Ovinos confinados

4.2.2.1. Ração para suínos

4.2.2.1.1. Perigo: Lise direta de hemáceas

4.3. Hipocupremia - deficiência de Cobre

4.3.1. Sintomas: <10µmol/L

4.3.1.1. Associada a pastos pobres

4.3.1.1.1. Perda de Peso

4.3.1.1.2. Atraso no desenvolvimento

4.3.1.1.3. Anemia

4.3.1.1.4. "Dorso curvo" em cordeiros

5. CÁLCIO(Ca)

5.1. ESSENCIAL NA CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE DENTES E OSSOS

5.1.1. ATUA A COAGULAÇÃO SANGUÍNEA E CONTROLE HORMONAL

5.1.1.1. TES6E

5.1.1.1.1. DSWDW

5.2. HIPERCALCEMIA

5.3. HIPOCALCEMIA

5.3.1. NÍVEL DE CÁLCIO ABAIXO DO NORMAL

6. MAGNÉSIO(Mg)

6.1. É RESPONSÁVEL POR INÚMERAS FUNÇÕES INTRACELULARES

6.1.1. CARÊNCIA DE MAGNÉSIO

6.1.1.1. 1-PERTUBAÇÃO DA PRESSÃO SANGUÍNEA

6.1.1.2. 2-TREMORES MUSCULARES, CÁLCULOS RENAIS, TAQUICARDIA.

6.2. DEFICIÊNCIA DE MAGNÉSIO

6.2.1. CAUSA ENDURECIMENTO DAS ARTÉRIAS E CALCIFICAÇÃO DAS CARTILAGENS , ARTICULAÇÕES E VÁLVULAS CARDÍACAS

6.3. HIPERMAGNESEMIA

6.3.1. AUMENTO DE MAGNÉSIO NO SANGUE

6.3.1.1. PRINCIPAIS SINAIS E SINTOMAS

6.3.1.1.1. FRAQUEZA MUSCULAR, BAIXA PRESSÃO ARTÉRIAL(HIPOTENSÃO) PARALISIA FLÁCIDA, DEPRESSÃO RESPIRATÓRIA.

6.4. HIPOMAGNESEMIA

6.4.1. NÍVEL DE MAGNÉSIO ABAIXO DO NORMAL

6.4.1.1. COMUM EM BOVINOS FREQUENTEMENTE VISTA EM OVINOS

6.4.1.1.1. MÁ-ABSORÇÃO OU EXCESSO DE EXCREÇÃO CAUSADO POR MEDICAMENTO, INFECÇÕES OU DOENÇAS GASTROINTESTINAIS

7. FOSFATO(Po)

7.1. HIPERFOSFATEMIA

7.1.1. É UM DOS PRINCIPAIS COMPONENTES DOS OSSOS

7.1.1.1. É RARA, EXCETO EM CASOS DE INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA

7.1.1.1.1. IMPLICA

7.2. HIPOFOSFATEMIA

7.2.1. NÍVEL BAIXO DE FÓSFORO NO PLASMA SANGUÍNEO

7.2.1.1. 3 PRINCIPAIS MECANISMOS QUE CAUSAM A HIPOFOSFATEMIA

7.2.1.1.1. 1- REDISTRIBUIÇÃO DO FÓSFORO EXTRACELULAR PARA O ESPAÇO INTRACELULAR

7.2.1.1.2. 2- REDUÇÃO NA ABSORÇÃO INTESTINAL DE FOSFATO

7.2.1.1.3. 3- AUMENTO DA EXCREÇÃO RENAL DE FOSFATO

7.3. HIPOFOSFATEMIA ASSINTOMÁTICA

7.3.1. CAVALO OU ANIMAL DE COMPANHIA, A CAUSA É PROVAVELMENTE ESTRESSE OU EXCITAÇÃO