Como precificar seus jobs

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Como precificar seus jobs por Mind Map: Como precificar seus jobs

1. Como os preços são definidos

1.1. O que eu vou receber

1.2. Quanto vou pagar por isso

1.3. Alguém entrega o mesmo por menos?

1.3.1. sim

1.3.1.1. ta caro

1.3.2. não

1.3.2.1. ta barato

1.4. Quando algo é muito lucrativo

1.4.1. mais pessoas começam a entrar naquele mercado

1.4.2. os preços caem e a concorrência regula

1.4.3. Em alguns casos, o que se destaca puxa os preços de todo mundo pra cima

1.4.3.1. coca-cola

1.4.3.2. formula de lancamento

1.4.3.3. macbook

2. Como definir meu preço

2.1. Serviço não é produto, por isso não tem que ter tabela e exige personalização

2.2. Custo hora

2.2.1. quanto quero ganhar

2.2.2. quanto quero trabalhar

2.2.3. minhahora.entreoutros.com

2.2.4. quanto de fato mereço ganhar

2.2.5. site

2.2.5.1. paginas

2.2.5.1.1. 6h cada pagina

2.2.5.1.2. 6 paginas

2.2.5.1.3. total 36h

2.2.5.2. plugins

2.2.5.2.1. 7 plugins

2.2.5.2.2. 1h para setar cada um

2.2.5.2.3. total 7h

2.3. Valor agregado

2.3.1. qual o tamanho do cliente?

2.3.2. quais orçamentos ele deve ter recebido?

2.3.3. qual a proporção de visibilidade e responsabilidade que esse projeto envolve?

2.4. OBS

2.4.1. você vai começar a tabelar seu preço quando se acostumar a cobrar x e y, cuidado com o vício e apego ao preço

3. O peso do preço

3.1. o preço pode atrair e repelir clientes

3.2. Você pode usá-lo para atrair os clientes ideias e repelir os clientes indesejados

3.3. o inverso também funciona

3.3.1. se você cobra mais, promete mais, mas não consegue entregar, o cliente vai perceber na conversa e você vai perder o job por ter criado uma falsa expectativa

4. Preço x Valor

4.1. preço é quanto você paga

4.2. Valor é o que você leva pra casa

4.3. Vamos analisar o que você tem aí

4.3.1. Smartphone

4.3.1.1. computador

4.3.1.1.1. refrigerante

4.4. Exemplos

4.4.1. Maranhão ebook

4.4.2. Cursos Ateliê Sarah Danielli

4.4.3. Fogo de chão

4.5. Alunos

4.5.1. Kimura

4.5.1.1. marcelokimura.com.br

4.5.2. Marcelo Miranda

4.5.2.1. prismma.net

5. 1 - introdução

5.1. Depois dessa aula você vai...

5.2. Bora compartilhar com a galera, nos grupos, e chegar a 170 online.

5.3. mapa da aula será liberado no final

5.4. desliga o whatsapp e bora focar

5.5. Não dá pra falar de preço sem trabalhar sua percepção de valor. O cliente age com a percepção apenas

6. Você pode usar preço ou valor para vender

6.1. Quase todos começam com preço, mas poucos migram para vender valor.

6.2. Quando você vende preço

6.2.1. Precisa ser o mais barato, ou o que menos cobra por aquilo que entrega

6.2.2. Tem que facilitar condições de pagamento

6.2.3. Pode falar o preço logo de cara

6.2.4. Use o valor da parcela como o principal atrativo para vender

6.2.5. Pros

6.2.5.1. É mais fácil de vender

6.2.5.2. O fluxo de clientes deve ser grande

6.2.6. Contras

6.2.6.1. Tem margem de lucro muito baixa

6.2.6.2. Trabalha mais para ganhar menos

6.2.6.3. Sempre vai ter um pra dizer que está caro

6.3. Quando você vende valor

6.3.1. Você não deve anunciar o preço logo de cara, deve se concentrar nos benefícios

6.3.2. Você cobra mais caro, mas entrega um trabalho melhor

6.3.3. Pessoas mais instruídas devem entrar em contato com você, isso facilita todo o processo

6.3.4. Vai atender clientes mais experientes e exigentes

6.3.5. Preços muito baixos pra ele é sinônimo de dor de cabeça.

6.3.6. Prós

6.3.6.1. o atendimento é facilitado

6.3.6.2. Sua margem de lucro é maior

6.3.6.3. Você tem mais tempo para trabalhar em cada projeto

6.3.6.4. Seu portfólio evolui na velocidade da luz

6.3.7. Contras

6.3.7.1. Você terá que investir na venda, fazer uma reuniãozinha, uma proposta bacana

6.3.7.2. Investe mais em atendimento em um primeiro momento, pra alinhar um bom briefing

7. O valor de X

7.1. Você já viu no primário que X é uma icógnita nos cálculos.

7.2. Sempre que você tenta encontrar o valor de X, você pensa, aprende e evolui

7.3. A gente já sabe como é ter uma vida com uma renda x, com uma demanda x de trabalho, o que a gente talvez nao saiba é como ter uma vida 5x de receita e 2x de trabalho

7.4. A gente precisa explorar mais, descobrir e se aventurar nas novidades

7.5. O X TE MOSTRA AQUILO QUE VOCÊ AINDA NÃO CONHECE.

8. Conceito X

8.1. Compartilhamento

8.2. Multiplicação

8.3. Abundancia

8.4. O X Freela

8.4.1. Conhece todas as vertentes que cercam seu ramo de atuação

8.4.2. Tem X cartas na manga para resolver inúmeros desafios

8.4.3. Sua receita cresce 3x enquanto seus clientes 1x

8.4.4. Não aceita o mais ou menos, põe intensidade e está em uma constante busca pela excelência

8.4.5. Busca maneiras de ser mais produtivo

8.4.6. Quer aprender mais rápido

8.4.7. Consegue equilibrar tudo isso sem se tornar uma pessoa ansiosa, sem deixar de viver e conviver

8.5. Propósito

8.5.1. Fortalecer o Mercado elevando o nível dos freelas que estão atuando

8.5.2. Entregando conteúdo de qualidade e informações privilegiadas, que só grandes agencias e executivos tem acesso

8.6. Isso na minha vida

8.6.1. Quero experimentar viajar para X lugares

8.6.2. Quero conhecer X Freelas

8.6.3. Ter X carros

8.6.4. Conhecer X ferramentas

8.6.5. Aprender com 3x mais intensidade que todas as outras coisas que faço

8.6.6. Tornar grande todos os meus projetos

8.6.7. Experimentar X pratos e X bebidas